Governo do Estado antecipa pagamento de parcela do décimo terceiro salário - Economia - O Sol Diário

Finanças públicas11/07/2017 | 16h26Atualizada em 11/07/2017 | 17h20

Governo do Estado antecipa pagamento de parcela do décimo terceiro salário

 O governador Raimundo Colombo (PSD) anunciou na tarde desta terça-feira a antecipação do pagamento de 50% do décimo terceiro salário do funcionalismo estadual. O anúncio foi feito ao vivo no Facebook logo após reunião com secretários que fazem parte do Grupo Gestor do Estado. 

De acordo com cálculos da Secretaria de Estado da Fazenda, com o pagamento do salário de junho no dia 30 de junho, mais a primeira parcela do 13º salário no dia 27 de julho e o salário de julho no dia 31 deste mês, o governo do Estado vai colocar na economia R$ 2,35 bilhões no intervalo de apenas um mês.

– A antecipação de metade do 13º salário é resultado de um grande esforço de todos do governo. Todo mundo está vendo a crise econômica que afeta o Brasil, as dificuldades de muitos estados. Garantir a antecipação foi um desafio, uma verdadeira batalha, porque também temos que fazer economia e vencer dificuldades. Mas nossa equipe se empenhou muito para garantir essa importante injeção financeira na economia catarinense. Isso traz dinamismo, mantém a geração de emprego e fortalece o desenvolvimento do nosso estado –destacou o governador.

Este será o 11º ano consecutivo em que o Estado antecipa o pagamento. O pagamento da segunda parcela do 13º será realizado até o final de dezembro.A projeção de gastos totais com a folha de pagamento dos servidores públicos estaduais de janeiro a julho é de R$ 7 bilhões, de acordo com a Diretoria do Tesouro Estadual. 

– O fato é de que a folha de pagamento é o alimento das pessoas e é impensável que chegue o fim do mês e elas não tenham esse provimento necessário¿ – acrescentou o secretário da Fazenda, Almir Gorges. 

Também participaram da reunião desta terça, o procurador geral do Estado, João dos Passos Martins; o secretário de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa; o secretário do Planejamento, Murilo Flores; o secretário da Administração, Milton Martini; o diretor do Tesouro Estadual, Franc Ribeiro Correa; o diretor de Gestão da Administração, Luiz Antônio Dacol; o coordenador de negociação, Décio Vargas; e o secretário executivo da Casa Militar, coronel Nildo Otávio Teixeira.

Os valores contemplam os servidores ativos (91.783) e inativos (52.929) do Poder Executivo - incluindo as fundações e autarquias estaduais - e pensionistas (10.927) pagos pelo IPREV, num total de 155,6 mil servidores. Não entram na conta as folhas de pagamento das empresas estatais: Casan, Badesc e Celesc.


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioZagueiro Alemão simboliza o espírito guerreiro do Avaí na luta para deixar o Z-4  https://t.co/0Yc4kMRNyzhá 6 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol Diário"São infelizes coincidências", diz secretário sobre ataques a agentes prisionais em SC https://t.co/XC5gH8Lpydhá 13 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros