Maioria dos 16 deputados federais de SC já definiu voto sobre denúncia contra Temer - Economia - O Sol Diário

Política31/07/2017 | 08h29Atualizada em 31/07/2017 | 08h29

Maioria dos 16 deputados federais de SC já definiu voto sobre denúncia contra Temer

Entre os ouvidos, sete votarão pela aceitação, três contra e quatro dizem estar indecisos

Maioria dos 16 deputados federais de SC já definiu voto sobre denúncia contra Temer WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO
No domingo, presidente esteve no Rio de Janeiro, onde tropas federais tentam reprimir a violência Foto: WILTON JUNIOR / ESTADÃO CONTEÚDO

A maioria dos 16 deputados federais de Santa Catarina já definiu como votará sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), que deve ser apreciada em plenário na próxima semana. Sete votarão pelo prosseguimento, três contra e um afirma que já definiu o posicionamento, mas só o tornará público na votação na Câmara. Há ainda quatro indecisos e o deputado Mauro Mariani (PMDB) não foi localizado pela reportagem até a tarde desta sexta.

A denúncia do procurador-geral da República contra Temer foi rejeitada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, mas mesmo assim o documento segue para plenário. Os deputados vão votar se aprovam ou não o relatório da CCJ, que é contra a admissibilidade e prosseguimento da acusação. Para que a denúncia continue são necessários 342 votos contrários ao relatório. Isso resultaria em um afastamento de até 180 dias de Temer do cargo.

Em relação ao levantamento anterior feito pelo Diário Catarinense, em 4 de julho, houve mudanças. Dois deputados considerados indecisos naquela data — Esperidião Amin (PP) e Jorginho Mello (PR) — agora são declaradamente favoráveis à denúncia. Se juntam a Décio Lima (PT), Pedro Uczai (PT), Jorge Boeira (PP), Geovania de Sá (PSDB) e Carmen Zanotto (PPS).

— Defini meu voto há muito tempo. Até fui retirado da CCJ por conta disso —, lembra Amin.

Assim como no caso do pepista, a postura contrária ao Planalto também custou a Jorginho Mello a vaga na comisão.

— Sou homem de palavra e não volto atrás. Não troco minhas convicções por emendas ou cargos, todo homem público pode ser investigado — defende o deputado.

Outros dois que também ainda não tinham certeza de como se posicionariam agora afirmam que votarão contra a admissibilidade da acusação _ Ronaldo Benedet e Celso Maldaner, ambos do PMDB. Eles se juntam ao colega de partido Valdir Colatto.

— Pelo bem do Brasil, pela continuidade das reformas, votarei contra a denúncia — diz Maldaner.

Entre os que continuam indecisos, Rogério Peninha (PMDB) e João Paulo Kleinubing (PSD) ainda finalizam a leitura da acusação e defesa para definir o voto. Já Marco Tebaldi (PSDB) e João Rodrigues (PSD) aguardam as orientações finais de seus respectivos partidos às bancadas.

 Como votarão os deputados catarinenses na denúncia contra Temer*:

 Pelo prosseguimento da denúncia
Carmen Zanotto (PPS)
Décio Lima (PT)
Esperidião Amin (PP)
Geovania de Sá (PSDB)
Jorge Boeira (PP)
Jorginho Mello (PR)
Pedro Uczai (PT)

Contra o prosseguimento da denúncia
Celso Maldaner (PMDB)
Ronaldo Benedet (PMDB)
Valdir Colatto (PMDB)

Indecisos
João Paulo Kleinubing (PSD)
João Rodrigues (PSD)
Marco Tebaldi (PSDB)
Rogério Peninha Mendonça (PMDB)

Definiu o voto, mas não declarou
Cesar Souza (PSD)

*O deputado federal Mauro Mariani (PMDB) não foi localizado até a tarde da última sexta-feira

Leia também:
Após jantar com Temer, aliados demonstram confiança em votação
Planalto liberou R$ 57 milhões em emendas para SC no 1º semestre

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPreparação física do Avaí é um dos segredos que explicam a reação no Campeonato Brasileiro https://t.co/RSSi0eS8zbhá 24 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMotorista de Camaro que atropelou três nos Ingleses depõe nesta sexta-feira em Florianópolis https://t.co/sIHhrTWxaDhá 13 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros