Em 11 disputas de cinturão, UFC viu sete trocas de campeão em 2016 - Esporte - O Sol Diário
 
 

Rotação02/08/2016 | 10h30Atualizada em 03/08/2016 | 07h57

Em 11 disputas de cinturão, UFC viu sete trocas de campeão em 2016

Apenas a categoria peso galo feminino já teve três campeãs este ano

Em 11 disputas de cinturão, UFC viu sete trocas de campeão em 2016 Rey Del Rio/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/ AFP
Amanda Nunes tirou o cinturão de Miesha Tate no UFC 200 Foto: Rey Del Rio / GETTY IMAGES NORTH AMERICA/ AFP

O UFC vive dias de mudanças. Depois de uma geração de campeões dominantes como Jon Jones, Anderson Silva, Georges St. Pierre e José Aldo, a maior organização de MMA do mundo vê frequentes trocas de cinturão nos últimos tempos. Este ano, em 11 lutas que valeram título, foram apenas quatro manutenções pelo campeão e sete vitórias dos desafiantes.

Ao mesmo tempo em que aumenta o interesse nas lutas por título pela imprevisibilidade, o alto número de mudanças dificulta a solidificação de grandes ídolos.

Leia mais:

St. Pierre revela interesse em luta contra Tyron Woodley
Luke Rockhold pede luta contra Anderson Silva: "Ainda é relevante"
Dan Henderson projeta fim de carreira após luta contra Bisping

O caso mais curioso é entre os pesos galos femininos. Depois de um longo domínio de Ronda Rousey, nenhuma outra campeã conseguiu fazer uma defesa bem-sucedida de cinturão — Holly Holm perdeu para Miesha Tate, que logo em seguida foi derrotada por Amanda Nunes.

Trocas de cinturão
17/1 — T.J. Dillashaw perdeu o cinturão dos galos para Dominick Cruz
5/3 — Holly Holm perdeu o cinturão dos galos femininos para Miesha Tate
14/5 — Fabrício Werdum perdeu o cinturão dos pesados para Stipe Miocic
4/6 — Luke Rockhold perdeu o cinturão dos médios para Michael Bisping
7/7 — Rafael dos Anjos perdeu o cinturão dos leves para Eddie Alvarez
9/7 — Miesha Tate perdeu o cinturão dos galos femininos para Amanda Nunes
30/7 — Robbie Lawler perdeu o cinturão dos meio-médios para Tyron Woodley

Manutenções de cinturão
2/1 — Robbie Lawler defendeu o cinturão dos meio-médios contra Carlos Condit
23/4 — Demetrious Johnson defendeu o cinturão dos moscas contra Henry Cejudo
4/6 — Dominick Cruz defendeu o cinturão dos galos contra Urijah Faber
8/7 — Joanna Jedrzejczyk defendeu o cinturão dos palhas femininos contra Cláudia Gadelha

O Sol Diário
Busca