Em Florianópolis, Vitor Belfort fala dos desafios de ser empreendedor - Esporte - O Sol Diário
 
 

Luta em todas04/08/2016 | 17h29Atualizada em 04/08/2016 | 17h32

Em Florianópolis, Vitor Belfort fala dos desafios de ser empreendedor

Lutador realizou uma palestra nesta quinta-feira na Capital

Em Florianópolis, Vitor Belfort fala dos desafios de ser empreendedor Felipe Carneiro/Agencia RBS
Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Há 20 anos como um dos melhores lutadores de MMA do mundo, com cinturões e derrotas ao longo do tempo, Vitor Belfort sabe bem o que é conviver com a glória e o apupo. E o meio-pesado do UFC esteve em Florianópolis nesta quinta-feira para uma palestra com líderes de uma empresa financeira.

Confira notícias sobre o mundo do MMA no blog Na Guarda

Entre os muitos exemplos da carreira, que tem 37 lutas no total, e de situações vividas em família — é casado com ex-modelo Joana Prado e pai de três filhos —, o recado que ele dá é de que é preciso arriscar, ir pra cima, para conquistar os objetivos.

— O empreendedorismo é você se arriscar. Quanto mais erros você tiver, mais chances tem de acertar. As pessoas tem medo de tentar algo e não conseguir, e é a primeira coisa que você não pode ter. Você tem que se preparar, ir para o mercado e se arriscar — conta.

Twitter oficial do Rio 2016 confunde Minotauro com irmão

Dar uma palestra de quase duas horas é um dos trabalhos paralelos de Belfort, que investe nos estudos para que consiga transmitir cada vez mais seu conhecimento para outras áreas. O tempo dentro do octógono é apenas um dos seus ofícios, já que investir é algo que ele faz há tempo.

— Vamos ampliar as redes de academias (Fortfit), tenho negócios em andamento e ainda embrionários, trabalho muito com investimento em imóveis e eu amo o mundo do empreendedorismo. Tem bastante coisa para acontecer e esperar a hora de acontecer. Eu amo poder oferecer serviços onde possa facilitar as pessoas.

Em 11 disputas de cinturão, UFC viu sete trocas de campeão em 2016

Com luta marcada para o dia 8 de outubro contra Gegard Mousasi em Manchester, na Inglaterra, Belfort afirmou que espera fazer bem diferente do seu último combate, quando perdeu para Ronaldo Jacaré no UFC 198.

— É ir para o ataque. O que eu aprendi bastante nessa luta foi saber a hora de atacar e ter o timing.

O Sol Diário
Busca