Com expectativa de grande público, Avaí recebe o Paysandu  - Esporte - O Sol Diário

Bom jogo30/09/2016 | 12h37Atualizada em 30/09/2016 | 12h37

Com expectativa de grande público, Avaí recebe o Paysandu 

Leão luta para voltar a terceira posição da Série B

Com expectativa de grande público, Avaí recebe o Paysandu  Arte/DC
Foto: Arte / DC

O Avaí está embalado na Série B e pretende continuar assim. Para continuar no G-4 da competição é essencial vencer nesta sexta-feira o Paysandu, às 21h30min, na Ressacada. A diretoria fez promoção de ingressos e espera um grande público no estádio. Além disso, a equipe não perde a sete partidas — são seis vitórias e um empate. A grande ambição da equipe é continuar em alta.

Leia mais sobre o Avaí
Confira a tabela da Série B

O técnico Claudinei Oliveira é um dos grandes responsáveis pelo sucesso azurra, assim como o capitão Marquinhos que voltou de um bom tempo longe dos gramados. 

— Eu não digo que o meu papel e o do Marquinhos sejam mais importantes. Estamos fazendo as coisas das melhores formas, não somente eu e ele. Todos estão fazendo a sua parte, até aqueles que não estão jogando. Tem todos os jogadores no dia do jogo estão lá no vestiário, mesmo os que não são convocados. Então todos estão juntos, em prol do grupo. O Marquinhos tem essa liderança técnica, ele exerce isso muito bem, cada um tem a sua função. Estão todos fazendo isso bem feito e esse é o grande segredo — analisou Claudinei.

Claudinei Oliveira ainda não sabe o que é perder no Leão. Desde que chegou foram cinco vitórias e um empate, resultados que ajudaram o time a chegar na terceira posição na última rodada

— A gente briga por isso. Vamos jogar todos os jogos para ganhar, depende da estratégia. O time não tem limite. A gente não promete vitórias, venham no estádio que vamos dar show. O que estamos prometendo luta e organização. Não gosto de prometer coisa que não vou entregar. A gente espera que a gente consiga ganhar o segundo turno. Vamos manter essa liderança e vamos ver o que acontece. Era um sonho, estamos em terceiro e hoje é um objetivo — completou Claudinei.

O treinador sabe também que é muito complicado permanecer invicto até o fim da temporada e acredita que a torcida azurra está preparada para algum torpeço do time.

— Hoje temos uma rodada que se a gente ganhar mantemos a terceira posição. Então, se os atletas estavam se dedicando daquela forma agora que a gente sabe que ganhando fica no G-4, eles vão se dedicar e correr mais. Em algum momento podemos ter um insucesso, mas contamos com a inteligência do torcedor, que ele saiba que o que fizemos é muito bom. Eu como comandante, tenho que ser racional, mas a derrota pode vir. O dia que perder, sabemos que fizemos uma pontuação boa e que não é uma derrota que irá nos impedir de algo. Temos que fazer o que fizemos até agora e no final a gente vê. Resultado não dá para prometer, o que dá para prometer é muita luta e organização — finalizou.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ

Renan; Alemão (Luiz Gustavo), Betão, Fábio Sanches, Gabriel; Luan, João Filipe, Renato, Marquinhos; Romulo e Lucas Coelho

Técnico: Claudinei Oliveira

PAYSANDU

Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Gilvan, João Lucas; Rodrigo Andrade, Jhonnatan (Augusto Recife), Rafael Costa, Jobinho; Leandro Cearense e Tiago Luís

Técnico: Dado Cavalcanti

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Natal da Silva Ramos Júnior e Fernando Gomes da Silva (trio do TO)
Horário: 21h30min
Local: Ressacada, em Florianópolis 

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros