Spider reclama de falta de respeito do UFC e revela oferta "indecente" - Esporte - O Sol Diário

Disputa fora do octógono06/10/2016 | 14h33

Spider reclama de falta de respeito do UFC e revela oferta "indecente"

Anderson Silva indignado com status de "stand by" e vê futuro incerto

Spider reclama de falta de respeito do UFC e revela oferta "indecente" Ethan Miller/AFP
Última luta foi contra Cormier Foto: Ethan Miller / AFP

Desde que "salvou" o UFC 200 aceitando uma luta contra Daniel Cormier a dois dias do evento, em julho, Anderson Silva não tem nenhuma novidade sobre seu futuro no octógono. Quase três meses depois de perder a luta por decisão unânime junto a uma "vitória moral", Spider quebra o silêncio e se diz desapontado com a forma que tem sido tratado pelo Ultimate.

Julgamento de Jon Jones por uso de doping é adiado para o final do ano

Segundo o ex-campeão dos médios, em entrevista ao site UOL Esporte, nenhum membro da organização o procurou após o UFC 200, o que o deixou incomodado diante de seu legado no evento.

- Não recebi nem um 'muito obrigado' do Dana (White) ou do Lorenzo (Fertitta) depois da última luta. Claro que fui eu que quis lutar, que aceitei o combate, mas sei do meu valor, da minha importância. Fiquei muito decepcionado com a falta de respeito que o UFC tem tratado os atletas brasileiros. Sou um atleta que levou o esporte ao outro nível. Não recebo, nem recebi, o devido respeito das pessoas. Isso me deixou muito chateado, triste e desapontado com o UFC - afirmou o lutador.

O lutador ainda revelou uma oferta feita pelo Ultimate que o deixou irritado. Segundo Spider, lhe foi oferecido para ficar de stand by (à espera, para o caso de uma lesão), da luta entre Michael Bisping e Dan Henderson, que acontece neste sábado, em Manchester (ING).

- Não conversei com ninguém depois da minha última luta. Até me ofereceram para ficar de stand by para se algo acontecesse com Bisping ou Henderson. Mas mais absurdo ainda foi como isso chegou. Sequer falaram comigo. Meus representantes vieram como 'pombo-correio'. Não sou de recados. Depois de tudo que fiz ainda tenho que ficar de espera de uma luta que venci? Achei um pouco desagradável - desabafou.

Aos 41 anos, Anderson Silva vem de derrotas para Daniel Cormier, no UFC 200, e Michael Bisping, no UFC Londres, em fevereiro. O brasileiro é ex-campeão dos médios e tem um cartel de 33 vitórias e oito derrotas no MMA. 

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros