CBF pede "grande festa", e Chapecoense deve jogar rodada final do Brasileirão na Arena Condá - Esporte - O Sol Diário

Mantido30/11/2016 | 17h38Atualizada em 30/11/2016 | 18h00

CBF pede "grande festa", e Chapecoense deve jogar rodada final do Brasileirão na Arena Condá

Vice-presidente Ivan Tozzo revelou diálogo com Marco Polo Del Nero

CBF pede "grande festa", e Chapecoense deve jogar rodada final do Brasileirão na Arena Condá Eduardo Matos/Gaúcha
Foto: Eduardo Matos / Gaúcha
ZH Esportes e Eduardo Matos

eduardo.matos@rdgaucha.com.br

Mesmo depois de o Atlético-MG ter sugerido o cancelamento do jogo com a Chapecoense, pela última rodada do Brasileirão, a equipe catarinense deve entrar em campo no domingo. Segundo o vice-presidente Ivan Tozzo, a pedido de Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, um time será montado com atletas das categorias de base e com jogadores que não viajaram para a disputa da final da Copa Sul-Americana para o duelo.

— Ainda não pensamos. Conversei com o presidente Del Nero sobre a partida contra o Atlético-MG. Ele disse: "Este jogo tem que acontecer. Tem que ser uma grande festa". Respondi: "Não temos 11 jogadores". Ele disse: "Tem, sim. Vocês têm categoria de base, os jogadores que ficaram. Não importa. Tem que fazer uma grande festa. Chapecó e a Chapecoense merecem" – disse Tozzo, em entrevista coletiva.

Leia mais:
CBF fez seguro de vida e invalidez para jogadores vítimas de acidente
VÍDEO: TV boliviana gravou imagens com a delegação da Chapecoense antes do voo
Grêmio faz homenagem à Chapecoense antes de treino

Para o próximo ano, o dirigente não negou as ajudas que clubes ofereceram de ceder jogadores por empréstimo sem custos — o Libertad, do Paraguai, chegou a colocar seu time titular à disposição da Chapecoense para homenagear as vítimas da tragédia.

— Nós vamos aceitar todas as ofertas que forem feitas — afirmou.

Na entrevista coletiva para elucidar os próximos passos com relação ao velório coletivo que será realizado na Arena Condá, os dirigentes da Chapecoense ainda disseram que a Rede Globo prometeu aumentar a cota televisiva a que o time catarinense tem direito. Além disso, Tozzo também agradeceu a iniciativa de clubes pedirem permanência da Chape por três anos na Série A, independente se a equipe ficar entre as quatro últimas da tabela.

* ZH E RÁDIO GAÚCHA

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros