Em vitória do PSG, Cavani marca e homenageia a Chapecoense - Esporte - O Sol Diário

Belo gesto30/11/2016 | 20h11Atualizada em 30/11/2016 | 20h16

Em vitória do PSG, Cavani marca e homenageia a Chapecoense

Atacante uruguaio tirou a camisa do clube para exibir outra, com mensagem de apoio aos catarinenses. Árbitro advertiu jogador com amarelo

Em vitória do PSG, Cavani marca e homenageia a Chapecoense FRANCK FIFE/AFP
Foto: FRANCK FIFE / AFP
Lancepress
Lancepress

O PSG venceu mais uma no Campeonato Francês e segue na cola do Nice pela liderança da competição. Jogando no Parc des Princes, o time da casa contou com gols de Thiago Silva e Cavani para vencerem por 2 a 0. Antes da bola rolar, torcedores e jogadores homenagearam as vítimas do acidente com o avião da Chapecoense. 

Com os três pontos, o PSG reassumiu a segunda colocação da competição e agora soma 35 pontos, um a menos que o líder Nice. O Angers parou nos 18 pontos e está em décimo. 

Leia mais:
Papa manda mensagem ao Brasil por tragédia da Chapecoense
Real Madrid entra em campo com camiseta especial: "Todos Somos Chapecoense"
Avião da Chapecoense desrespeitou plano de voo, admite companhia

Equipes voltam a campo no próximo domingo, o PSG encara o Montpellier fora de casa, enquanto o Angers volta a jogar sobre seus domínios, contra o Lorient.

Antes da bola rolar, foi respeitado um minuto de silêncio por todos no estádio e um vídeo dos jogadores passou no telão. Torcedores do PSG entoaram o grito de "vamos, vamos, Chape!". Outro momento marcante das homenagens foi quando Cavani marcou o seu gol e tirou a camisa, mostrando uma camisa escrito "Força" e o artilheiro acabou tomando cartão amarelo.

Foto: FRANCK FIFE / AFP

Após o apito final, o brasileiro Lucas falou sobre o acidente envolvendo a Chapecoense.

— Muito triste pelo que passou, tinha amigos por lá agora é hora de prestar solidariedade a família e amigos das vítimas. 

O JOGO

Partida foi movimentada desde os primeiros minutos e as duas equipes chegavam com perigo. Após cruzamento, Thiago Silva conseguiu subir mais que todo mundo de balançou as redes, isso aos 34 da primeira etapa. Na volta para o segundo tempo, Ben Arfa sofreu pênalti e Cavani fez gol que fechou o placar. Antes do fim, os donos da casa seguiram pressionando e Jesé ainda colocou uma bola na trave adversária.

*LANCEPRESS

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros