Torcida da Chapecoense promove show de luxo nas arquibancadas lotadas da Condá - Esporte - O Sol Diário

Só alegria!23/11/2016 | 23h54Atualizada em 24/11/2016 | 00h12

Torcida da Chapecoense promove show de luxo nas arquibancadas lotadas da Condá

Torcedores não pararam de gritar e apoiar o time dentro de campo

Torcida da Chapecoense promove show de luxo nas arquibancadas lotadas da Condá Sirli Freitas/Especial
Foto: Sirli Freitas / Especial
André Podiacki enviado especial a Chapecó (SC)
André Podiacki enviado especial a Chapecó (SC)

andre.podiacki@diariocatarinense.com.br

Ao descer do ônibus da Chapecoense, o técnico Caio Júnior levantou os braços e vibrou. Não havia como não se empolgar depois da recepção que a torcida preparou para o time na chegada a Arena Condá. A rua Assis Brasil foi tomada por aficionados pelo Verdão do Oeste desde o início da tarde. Às 16h, já tinha torcedor esperando a hora do jogo, mas principalmente a chegada do ônibus da Chape.

Eram aproximadamente 700 sinalizadores e mais tantos fogos de artifício. Pontualmente às 20h, o ônibus do time do Oeste deixou o Hotel Bertaso, em 18 minutos estavam na Assis Brasil, que tomada por torcedores fizeram uma festa bonita, que em Chapecó ganhou o nome de Ruas de Fogo.

A festa da torcida continuou dentro do estádio. Em alguns momentos, a Arena Condá até parecia uma balada. Com iluminações verdes e brancas, que faziam desenhos no gramado, um DJ animava ainda mais os torcedores. A torcida não parou de cantar um só segundo e fez os argentinos sentirem a pressão das arquibancadas.

O clima era especial na cidade desde o primeiro raio de sol desta quarta-feira. O torcedor do Verdão aprendeu a acompanhar grandes momentos do clube. Afinal, desde 2012 o time conquistou dois acessos (séries B e A), um título Catarinense, além das campanhas na Sul-Americana em 2015 e neste ano.

A cidade abraça o time não só porque gostam da equipe, mas porque a Chapecoense faz divulgação do Oeste de Santa Catarina, ele é uma grande publicidade de uma região que é imponente no Estado, mas que agora passa a ser conhecida por todo o Brasil, graças do Verdão.

Na partida contra o San Lorenzo, pela semifinal da Sul-Americana, a torcida viveu um momento de êxtase. Se um dia as camisas da Chapecoense dividiram espaço na Condá com a de outros times, hoje há apenas uma equipe no coração de Chapecó e a prova disso foi vista no jogo contra a equipe do Papa Francisco..

 Leia mais:
Chapecoense faz história, passa pelo San Lorenzo e está na final 
Antes um problema, defesa da Chapecoense garante time na final
Caio Jr volta a fazer um bom trabalho no Brasil no comando da Chapecoense
Veja como foi o pré-jogo de Chapecoense x San Lorenzo

 
Veja mais notícias sobre a Chapecoense
Direção da Chapecoense espera público recorde

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros