Em jogo emocionante, Floripa Futsal leva título diante do JEC/Krona - Esporte - O Sol Diário

Futsal16/12/2016 | 22h32Atualizada em 16/12/2016 | 22h44

Em jogo emocionante, Floripa Futsal leva título diante do JEC/Krona

Tricolor venceu a partida no tempo normal, mas vantagem do empate na prorrogação favoreceu os donos da casa, que ficaram com a taça

Em jogo emocionante, Floripa Futsal leva título diante do JEC/Krona Charles Guerra/Agencia RBS
Decisão aconteceu na noite desta sexta, na Capital Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

O título do Estadual de Futsal em 2016 é do Floripa. A equipe da Capital se beneficiou da vantagem construída ao longo da temporada – nas duas primeiras fases da competição – e no jogo de ida, no Centreventos Cau Hansen, quando venceu o JEC/Krona por 3 a 2.

Na Capital, mesmo perdendo no tempo normal por 4 a 3, o Floripa levou a taça após a vitória por 2 a 1 na prorrogação.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

O Ginásio Rozendo Lima recebeu bom público. Apesar de jogar pelo empate e pela vitória, os donos da casa sofreram bastante para assegurar a taça. O JEC/Krona sempre teve a vantagem no placar, obrigando o Floripa a buscar o empate para evitar a realização da prorrogação.

O primeiro tempo foi do Tricolor. Logo no começo do duelo, o pivô Éka, autor dos dois gols do Joinville no jogo de ida, voltou a marcar e colocou a equipe na frente.

A vitória parcial não durou muito. Leanderson empatou para a festa dos torcedores do Floripa Futsal.

Antes do fim do intervalo, o JEC/Krona conseguiu o segundo gol com Gabriel e se manteve à frente até o término da primeira etapa.

No segundo tempo, o Joinville teve oportunidades, mas quem cresceu foi o Floripa, especialmente após a expulsão do goleiro Willian. Peru fez o segundo e deixou a situação dramática.

Apesar das dificuldades, o JEC mostrou força duas vezes. Dian Luka fez o terceiro, Guina ainda empatou para o Floripa, mas Fellipe Mello fez o quarto gol para o Tricolor, forçando a realização da prorrogação.

Na prorrogação, o Joinville parecia mais perto do gol, mas foram novamente os donos da casa que abriram o placar, antes do intervalo. Hugo aproveitou o rebote do goleiro Dudu e marcou para o Floripa.

O título, na teoria definido, voltou a ficar aberto após o gol de Fellipe Mello no começo do segundo tempo da prorrogação. O Joinville investiu no goleiro-linha, pressionou, mas não conseguiu o gol. Pior: viu Vini marcar a um segundo do fim, definindo o placar de 2 a 1.

A NOTÍCIA

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioUniversidades de SC criam disciplina para suprir déficit no ensino básico da matemática https://t.co/ZwMVHiHRYyhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioEm meio à crise, torneio de dominó reúne lideranças políticas em Brusque https://t.co/6z0za0iVLZhá 8 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros