Bruno Fontes se mantém na luta por Medal Race na Copa do Mundo de Vela disputada em Miami - Esporte - O Sol Diário

Vela26/01/2017 | 11h56Atualizada em 26/01/2017 | 11h56

Bruno Fontes se mantém na luta por Medal Race na Copa do Mundo de Vela disputada em Miami

Velejador catarinense encara mais três dias de competições

Bruno Fontes se mantém na luta por Medal Race na Copa do Mundo de Vela disputada em Miami Jesus Renedo / Sailing Energy / World Sailing/Divulgação
Catarinense Bruno Fontes é um dos nomes olímpicos do Brasil Foto: Jesus Renedo / Sailing Energy / World Sailing / Divulgação

Após dois dias de competições, a etapa de Miami da Copa do Mundo de Vela segue totalmente aberta na classe Laser Standard. Até o momento quatro regatas foram disputadas e Bruno Fontes aparece na 11ª posição entre os 59 velejadores inscritos na etapa. Com um 2º, 10º e 27º, o velejador catarinense soma 39 pontos perdidos após o descarte e está a uma posição dos top-10, que se classificam para a Medal Race (regata da medalha) no domingo.

O caminho para chegar a disputa por uma medalha tem pela frente mais três dias de competições pela fase de classificação com seis regatas programadas e a situação é bastante atípica para uma competição desse nível. ¿O campeonato está muito confuso e totalmente aberto. Ninguém conseguiu escapar muito e a diferença entre os velejadores é muito pequena. Todos entre os vinte primeiros já eliminaram o descarte fazendo pelo menos uma regata ruim e isso deixa o campeonato totalmente indefinido¿, comenta Bruno.

Disputa acirrada na raia de Miami na Copa do Mundo de Vela Foto: Jesus Renedo / Divulgação

Com a mudança de equipamento para a classe, que teve o formato da vela alterado, parece que os velejadores ainda estão se adaptando ao novo material. ¿Todos estão buscando o melhor e essa fase de adaptação exige escolhas que são decisivas nas regatas, ainda mais em uma competição desse nível. Como a maioria já eliminou a possibilidade de erro, a estratégia será fundamental para chegar ao topo. É preciso competir com inteligência e saber quando é a hora certa de arriscar¿, completa.

Apenas quatro pontos separam Bruno do 10º colocado, o britânico Lorenzo Chiavarini. A liderança até o momento está nas mãos do francês Jean Baptiste Bernaz. O evento em Miami, que abre o calendário das etapas de Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela), conta com mais de 450 velejadores de diversas nacionalidades e segue o formato olímpico de competição, sendo que na classe Laser, onde competem 59 atletas de 28 países, serão dez regatas e a Medal Race, no domingo.

Além de Bruno Fontes, o Brasil conta com a seguinte delegação em Miami: Martine Grael/ Kahena Kunze (49erFX); Robert Scheidt/Gabriel Borges (49er) Jorge Zarif (Finn); Henrique Haddad/Breno Abdulklech (470 masculina); Gabriella Kidd (Laser Radial); e Bruna Martinelli (RS:X feminina).

Desempenho de Bruno Fontes ano a ano em Miami:

2010 – 5º lugar

2011 – 5º lugar

2012 – 2º lugar

2013 – 5º lugar

2014 – 5º lugar

2015 – 9º lugar

2016 – 12º lugar

O velejador Bruno Fontes conta com o apoio da Marinha do Brasil, Iate Clube de Santa Catarina, CBVela e COB – Comitê Olímpico Brasileiro.

O Sol Diário
Busca