Sub-20 da Chapecoense empolga a diretoria do clube na Copa São Paulo - Esporte - O Sol Diário

Juniores12/01/2017 | 06h31Atualizada em 12/01/2017 | 06h31

Sub-20 da Chapecoense empolga a diretoria do clube na Copa São Paulo

Time volta a entrar em campo nesta quinta-feira pela terceira fase

Sub-20 da Chapecoense empolga a diretoria do clube na Copa São Paulo LUCIANO CLAUDINO/estadão conteúdo
Na noite de terça-feira, o Verdão eliminou o São Paulo, que era um dos favoritos ao título do torneio Foto: LUCIANO CLAUDINO / estadão conteúdo
Luiz Barp e Especial

O bom desempenho do sub-20 da Chapecoense na Copa São Paulo de Futebol Júnior está animando não somente o torcedor, que vibrou e muito com a classificação para a terceira fase, mas também nomes importantes dentro da diretoria do clube. Após levar para o elenco principal vários atletas da base somente neste ano, outras promoções não são descartadas. O time volta a entrar em campo nesta quinta-feira, às 16h, contra o Capivariano, pela terceira fase.

- Somos muito atentos aos atletas que estão na competição. Estamos abertos, na medida em que evoluírem, para que subam ao profissional, afirma o diretor executivo de futebol do clube, Rui Costa, sem revelar se já mira em algum nome em específico.

Desde que chegou à Chape, em dezembro de 2016, Rui Costa garante que já trabalha para implantar um processo de transição que oportunize aos jogadores passarem do juniores para o elenco profissional. Um indicativo desse desejo foi o que o Verdão fez ao anunciar a equipe da pré-temporada: dos mais de 30 nomes que já treinam mirando na titularidade, 11 vieram da base, sendo que 4 deles ainda teriam idade para disputar a Copa São Paulo.

A estratégia, é claro, também leva em conta o momento de difícil reestruturação que o clube vive desde o acidente na Colômbia. Os olhos nos mais novos, contudo, parecem ser uma marca da nova diretoria.

- Eu não sei fazer futebol sem estar integrado com as categorias de base. Quando cheguei aqui pedi, logo de início, um relatório de todos aqueles que já participavam da base do clube, recorda Rui.

Assim que as coisas na Chapecoense engrenarem, a intenção de Rui Costa é criar mecanismos de conexão entre os dois níveis de futebol, incluindo treinos concomitantes e uma comissão técnica que transite entre a base e o profissional. Enquanto isso, ele deposita expectativa para os mais novos sirvam de exemplo e impulsionem o time principal, que volta a campo pela primeira vez no dia 21, em um amistoso solidário contra o Palmeiras.

- O time Sub-20 jogou do jeito que a Chapecoense gosta: derrubando os grandes, segurando o jogo e vencendo no final, nos pênaltis, elogia o diretor.

Comemoração prudente

Apesar da empolgação, em São Paulo, o clima é de cautela. Após um primeiro momento de comemoração, o técnico do sub-20, Emerson Cris, diz que, apesar de parar um dos favoritos ao título, é preciso ter consciência de que há muito jogo pela frente.

- Não podemos cair na armadilha da vaidade. Temos que continuar firmes, disse.

A equipe volta a jogar pela copinha na quinta-feira, quando enfrenta o Capivariano, na casa do adversário. Ao todo serão 15 jogos na terceira fase, que definem os times que passam às oitavas de final.

Leia mais:
Confira mais notícias sobre a Chapecoense

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCopa Interligas 2017 inicia nesta terça-feira com quatro clubes https://t.co/eiZFiynDuVhá 41 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioRoberto Alves: duelo desta terça-feira nos mostrará a real situação de Criciúma e Figueirense https://t.co/NpfeDJcs8Yhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros