Técnico do Criciúma avalia estreia e elogia time: "Conseguimos jogar futebol" - Esporte - O Sol Diário

Primeira Liga25/01/2017 | 07h20Atualizada em 25/01/2017 | 07h20

Técnico do Criciúma avalia estreia e elogia time: "Conseguimos jogar futebol"

Deivid gostou da postura do Tigre apesar da derrota por 3 a 2 para o Fluminense

Técnico do Criciúma avalia estreia e elogia time: "Conseguimos jogar futebol" Fernando Ribeiro/www.criciuma.com.br
Foto: Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br

Apesar da derrota para o Fluminense, o técnico do Criciúma gostou do que viu em campo na primeira partida oficial do time na temporada. O confronto, válido pela Primeira Liga, terminou com o placar de 3 a 2 para os cariocas. O Tigre saiu na frente, mas não conseguiu segurar o resultado. Agora, o Tricolor do Sul volta suas atenções para a estreia no Campeonato Catarinense. O duelo de estreia é contra o Avaí, sábado, às 17h, no Heriberto Hülse.

Na avaliação de Deivid, a equipe se portou bem bem, jogou feito gente grande e acabou perdendo nos detalhes.

- Claro que queria sair com a vitória, mas gostei muito da postura da equipe, da mentalidade de time grande, isso que temos que ter. Propor o jogo, mas sabemos que futebol se define nos detalhes. Tivemos muitas oportunidades, mas não conseguimos chegar ao gol. Tivemos um gol mal feito pelo adversário e atrapalhou muito, e a história poderia ter sido outra. Mas temos que nos preocupar em jogar futebol e melhorar, ver onde erramos para no próximo no jogo não errar dessa maneira - disse Deivid, em entrevista à rádio Eldorado.

Na segunda etapa, o Flu começou melhor, ditando o ritmo, mas logo a equipe catarinense se recuperou e voltou a criar boas chances, mas não concluiu em gol.

- Temos que ter um padrão e propor o jogo. Não adianta jogar atrás e ficar longe do gol. Não definimos e o Fluminense foi lá e defininiu, mas foi uma derrota com sabor de vitória - completou o treinador.

Contra o Avaí, pelo Estadual, Deivid ainda não sabe se poderá mandar a campo a mesma equipe que jogou em Juiz de Fora. Independentemente de quem jogar, ele quer o mesmo comportamento.

- Mesma postura. Vamos ver quem tem condições de jogar, para que a gente possa montar o time para a estreia do Campeonato Catarinense - finalizou.

Leia mais:
Acesse a tabela da Primeira Liga
Criciúma sai na frente, mas acaba derrotado pelo Flu na estreia da Primeira Liga

 
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros