Verstappen descarta Senna como o maior ídolo: "segue sendo meu pai" - Esporte - O Sol Diário

Fórmula-123/01/2017 | 15h19Atualizada em 23/01/2017 | 15h19

Verstappen descarta Senna como o maior ídolo: "segue sendo meu pai"

Holandês de 19 anos disse que sonha em conquistar o título em 2017

Verstappen descarta Senna como o maior ídolo: "segue sendo meu pai" Lluis Gene/AFP
Foto: Lluis Gene / AFP
ZH Esportes
ZH Esportes

Maior revelação da Fórmula-1, o holandês Max Verstappen negou que o seu maior ídolo seja Ayrton Senna e afirmou, em evento promovido pela Red Bull na Áustria, que se espelha muito em seu pai, Jos Verstappen, que disputou 106 GPs e teve como melhor resultado dois terceiros lugares, pela Benneton, em 1994.

— Meu ídolo não é Senna, segue sendo meu pai — afirmou o piloto da Red Bull, segundo o jornal italiano La Stampa.

Leia mais:
Os cinco motivos que levaram Massa a voltar à Fórmula-1
Felipe Massa: "Eu não teria voltado se não fosse para Williams"
Com Bottas na Mercedes e Massa de volta, veja como ficou o grid da F-1

Questionado sobre suas metas para 2017, Max destacou que o seu grande objetivo é conquistar o título:

— Estávamos muito próximos da Mercedes e vamos estar ainda mais com o desenvolvimento dos motores da Renault — garantiu o piloto de 19 anos.


O Sol Diário
Busca