Veja esboço da taça que campeão do turno ganhará: troféu Club Atlético Nacional. FCF oficializa tributo também a Pallaoro e Delfim - Esporte - O Sol Diário

Catarinense 201716/02/2017 | 17h36Atualizada em 16/02/2017 | 18h02

Veja esboço da taça que campeão do turno ganhará: troféu Club Atlético Nacional. FCF oficializa tributo também a Pallaoro e Delfim

Entidade define homenagem a clube de Medellín e às vítimas do acidente 

Veja esboço da taça que campeão do turno ganhará: troféu Club Atlético Nacional. FCF oficializa tributo também a Pallaoro e Delfim FCF/Divulgação
Esboço do troféu que será entregue ao campeão do turno Foto: FCF / Divulgação

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) instituiu oficialmente as taças que premiarão os campeões do turno, returno e o campeão do Catarinense Havan 2017.

O DC Esportes obteve acesso exclusivo ao esboço do modelo que caberá ao campeão do turno: a taça Club Atlético Nacional. Avaí e Brusque fazem jogo decisivo no próximo domingo e as duas torcidas são as mais próximas desta honraria. Mais próximos na tabela, Criciúma, Figueirense, Inter de Lages e Chapecoense ainda sonham com a conquista. Matematicamente, os demais ainda não estão fora da disputa.

Além a Taça Havan, que será entregue ao clube campeão e do Troféu Transitório Dr. Aderbal Ramos da Silva, o triste desfecho do ano de 2016 para o cenário do esporte mundial, brasileiro e catarinense, com a tragédia da delegação da Chapecoense, jornalistas e outros tripulantes, direcionou as homenagens que serão prestadas com a nomeação das taças ao campeão do turno, do returno e também ao campeão.

A FCF irá homenagear os dirigentes Delfim Pádua Peixoto Filho e Sandro Luiz Pallaoro, assim como o já citado Club Atlético Nacional.

O presidente da FCF, Rubens Renato Angelotti, comentou a importância do reconhecimento aos dirigentes e instituições que abraçaram e se solidarizam com a Chapecoense, familiares e a comunidade de Chapecó:

- O futebol catarinense foi abatido por perdas irreparáveis. A Federação Catarinense de Futebol não poderia deixar que o fato mais triste da história do futebol mundial não tivesse as homenagens referendadas durante o Campeonato Catarinense Havan 2017. Ficamos combalidos e nos sensibilizamos com o acidente, as homenagens não irão trazer à vida os que partiram, mas são lícitas, merecidíssimas e farão com que as memórias sejam sempre lembradas. O esporte precisa de exemplos de carinho como do Atlético Nacional, que valorizou e dignificou o futebol catarinense com as homenagens prestadas.

Taça Havan do ano passado, conquistada pela Chapecoense Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

Taça Havan está novamente em disputa em 2017

Pelo segundo ano consecutivo, a Havan, é a patrocinadora oficial do Catarinense. Sediada em Brusque, é uma das empresas entusiastas do futebol e continua como parceira institucional da FCF.

Taça Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho

A FCF presta homenagem advogado, político, professor e desportista, que presidiu e entidade por 31 anos, instituindo o troféu transitório ¿Taça Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho¿. As gestões de Delfim deixaram como legado para o futebol catarinense a sede própria da Entidade, inaugurada em 2007, em Balneário Camboriú. A equipe que conquistar o título catarinense por três oportunidades consecutivas, ou alternadas, ficará em definitivo com a taça.

Taça Club Atlético Nacional

A FCF irá homenagear o Club Atlético Nacional, de Medellín, na Colômbia, denominando a ¿Taça Club Atlético Nacional¿ ao clube que sagrar-se campeão da 1ª Fase. O Club Atlético Nacional seria o adversário da Chapecoense na grande decisão da Copa Sul Americana 2016, em 30 de novembro. Com a fatalidade do acidente, o clube colombiano organizou uma linda cerimônia de homenagens às vítimas em menos de 48 horas, contando com a participação da sua imensa e calorosa torcida, que demonstrou ao mundo a grandeza do clube e essência acolhedora do povo colombiano.

Taça Sandro Luiz Pallaoro

Referendando homenagens os dirigentes que foram vitimados no acidente, a FCF denominou a Taça Sandro Luiz Pallaoro ao clube que sagrar-se campeão da 2º Fase. Pallaoro era tido como o dirigente revelação do futebol catarinense. Assumiu a presidência da Chapecoense em 2010, sendo considerado o mentor da ascensão do clube à Série A do Brasileiro.

Troféu transitório Aderbal Ramos da Silva fica com quem conquistar o título três vezes seguidas ou cinco alternadas Foto: Flávio Neves / Agencia RBS

Troféu Transitório Dr. Aderbal Ramos da Silva

O campeão do Catarinense será o detentor do ¿Troféu Transitório Dr. Aderbal Ramos da Silva¿. Instituído em 2011 em homenagem ao Patrono da entidade, que presidiu a FCF no período de 1939 a 1946. A equipe que conquistar o título estadual por três oportunidades consecutivas ou cinco alternadas ficará em definitivo com o troféu. Veja todos os clubes que conquistaram e detiveram o troféu:

- Chapecoense: 2011 e 2016

- Figueirense: 2014 e 2015

- Avaí: 2012

- Criciúma: 2013

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioClaudio Loetz: Fatma licencia área para empresa explorar rubi em São João de Itaperiú, no Norte do Estado https://t.co/u5q0tjYSihhá 9 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAvaí recebe o Figueirense no primeiro clássico do ano https://t.co/7Z4kuxUPLnhá 29 minutosRetweet
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros