Atacante do Avaí destaca trabalho antes da final do Catarinense: "Semana especial" - Esporte - O Sol Diário

Foco na decisão25/04/2017 | 17h32Atualizada em 25/04/2017 | 17h32

Atacante do Avaí destaca trabalho antes da final do Catarinense: "Semana especial"

Junior Dutra comemorou aniversário de 29 anos nesta terça-feira

Atacante do Avaí destaca trabalho antes da final do Catarinense: "Semana especial" André Palma Ribeiro/Avaí F.C
Foto: André Palma Ribeiro / Avaí F.C
DC Esportes
DC Esportes

De olho na primeira partida da final do Campeonato Catarinense, o elenco do Avaí treinou nesta terça-feira, no CFA da Ressacada. No dia em que comemorou 29 anos de idade, o atacante Junior Dutra revelou estar muito animado com a decisão diante da Chapecoense, domingo, às 16h, na Capital. O atleta chegou ao Leão da Ilha em janeiro deste ano e foi conquistando seu espaço. Ele deve ser titular ao lado de Marquinhos, Romulo e Denilson.

- A final é especial, a preparação em si é o que mexe com você, você acorda e dorme sonhando com o titulo. A final é a parte melhor, o esporte mexe muito com milhões de pessoas, ainda mais aqui em casa, essa torcida mexe com a gente, então ele estão ansiosos der ver o Avaí campeão novamente. Acabei de chegar, tenho esse privilegio de poder jogar uma final e estou muito confiante de poder levantar esse caneco, para colocar o nome na historia do clube - disse Junior Dutra.

Quem voltou a trabalhar com bola no clube foi o atacante Denilson, recuperado de uma fascite plantar. Denilson é o artilheiro do Avaí no Estadual com oito gols.

- A gente não tem ninguém no estilo de jogo dele, ele (Denilson) soma muito para a gente, está em uma fase maravilhosa, é muito bom para o grupo. Sobra mais espaço para mim também. É animado, é o Denishow, é bom que ele voltou, traz um animo a mais para a gente - contou Dutra.

Sobre o duelo com o Verdão do Oeste, Junior Dutra espera muito equilíbrio, já que no turno, o Leão venceu por 3 a 0 e, na segunda etapa da competição, foi derrotado por 2 a 0 na Arena Condá.

- São as duas equipes mais qualificadas. Aqui (Ressacada) fizemos um jogo impecável. Dois clubes que querem muito ser campeões. Eu queria ter sido campeão direto, era o objetivo, mas escolher uma final seria contra a Chapecoense, por tudo o que aconteceu. Vai ser bom para o campeonato, uma final de equilíbrio e de qualidade, estamos bem confiantes - completou o atacante.

A partir desta quarta-feira, o elenco azurra irá treinar no Costão do Santinho, no Norte da Ilha, onde ficará concentrado até sexta-feira.

Acesse a tabela do Catarinense
Em preparação ao jogo das finais, Avaí concentra por três dias

O Sol Diário
Busca