Futuro em jogo para Avaí e Barroso neste sábado na Ressacada - Esporte - O Sol Diário

Returno15/04/2017 | 06h30Atualizada em 15/04/2017 | 06h30

Futuro em jogo para Avaí e Barroso neste sábado na Ressacada

Vitória tem pesos diferentes para as duas equipes na reta final

Futuro em jogo para Avaí e Barroso neste sábado na Ressacada Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Avaí e Almirante Barroso vão a campo em situações semelhantes neste sábado, às 16h, no Estádio da Ressacada. As duas equipes sabem que suas missões no returno do Catarinense são praticamente impossíveis, mas precisam da vitória de qualquer jeito. Para o Leão é a chance de, se a Chapecoense derrapar, manter vivo o sonho de conquistar a Taça Sandro Pallaoro. Para a equipe de Itajaí, é a última ponta de esperança para evitar o rebaixamento.

No primeiro turno, o Avaí venceu por 3 a 0, acabando com a invencibilidade do Barroso no Estádio Camilo Mussi. O jogo deu aos comandados de Claudinei Oliveira o título antecipado do primeiro turno e uma vaga na decisão do Catarinense.

E é justamente pensando na possibilidade da final que o Leão vai a campo. Nas próximas duas partidas, a intenção é somar seis pontos, sabendo que há três possibilidades: a menor delas é conquistar o returno e evitar a final, a outra é superar o adversário na pontuação geral e levar a decisão para a Ressacada, e a última é fazer com que o time chegue com moral nos jogos que valem o título.

– Nosso foco é fazer os seis pontos. Aonde isso vai nos levar, não sabemos. Com seis pontos podemos não terminar em primeiro ou até sermos campeões. Vamos ver aonde vai nos levar, então temos que fazer dois grandes jogos e ver aonde será a decisão – frisou o técnico.

Sem mistério na escalação, o Avaí deve ir a campo com a mesma escalação que empatou por 0 a 0 com o Figueirense no domingo. Poupando Denilson e com Diego Jardel entre os titulares, o time está pronto.

– A equipe deve ser essa aí, a mesma que iniciou o clássico. Denilson está tratando, queremos recuperá-lo para que jogue quando estiver 100%. Jogar com dor é muito complicado. Diego é mais jogador de manutenção de posse. Ele evoluiu em relação ao ano passado, tem sido mais agudo, mais agressivo. O Denilson é velocista, um dos mais rápidos com quem trabalhei e tem característica de goleador. Faz falta, a característica muda, mas o peso deles no elenco é o mesmo – destacou Claudinei.

FICHA TÉCNICA

Avaí: Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Luan, Judson e Marquinhos; Diego Jardel, Romulo e Júnior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira. 

Almirante Barroso: Rodolfo, Zé Luis (Borelli), Tessio, Robenval e Adriano Chuva; Buru, Rodrigo Couto, Safira, Diogo Dolem; Jefferson Paulista e Schwenck. Técnico: Renê Marques. 

Arbitragem: Leandro Messina Perrone, auxiliado por José Roberto Larroyd e Elen Carolin Portal Sieglitz.
Horário: às 16h deste sábado.
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Leia mais:
Leia mais notícias sobre o Avaí
Confira a tabela de classificação do Campeonato Catarinense

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioRoberto Alves: Maurinho foi determinante para a vitória do Avaí https://t.co/P9jjTae91Chá 6 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAvaí homenageia Marquinhos pela artilharia da Ressacada https://t.co/DyN0IU73KBhá 6 horas Retweet
O Sol Diário
Busca