Atacante do Criciúma avalia derrota na estreia da Série B: "Tropeçamos nas nossas próprias pernas" - Esporte - O Sol Diário

Segundona13/05/2017 | 19h38Atualizada em 13/05/2017 | 19h38

Atacante do Criciúma avalia derrota na estreia da Série B: "Tropeçamos nas nossas próprias pernas"

Pitbull, que entrou no segundo tempo no lugar de Fabinho, diz que os pontos serão recuperados nas próximas rodadas

Atacante do Criciúma avalia derrota na estreia da Série B: "Tropeçamos nas nossas próprias pernas" Caio Marcelo/Especial
Foto: Caio Marcelo / Especial

O que era para ser um dia de festa, já que o torcedor chegou cedo ao Heriberto Hülse para uma programação especial em homenagem aos 70 anos do Criciúma, terminou com um balde de água fria. Cerca de 3,5 mil torcedores, mesma média de público do Catarinense, foram apoiar o Criciúma em busca dos três pontos. Essa arrancada seria o ideal para o sonho do acesso à Série A, mas a primeira vitória da Série B ficou para as próximas rodadas. O Santa Cruz (PE) venceu por 2 a 1, de virada.

— Infelizmente o resultado não veio, trabalhamos bastante para poder estrear com o pé direito, tropeçamos nas nossas próprias pernas. O importante é levantar a cabeça e buscar a vitória fora de casa — comentou o atacante Pitbull, ao final da partida.

Diogo Mateus, autor do único gol do Criciúma, aos 45 minutos do primeiro tempo, saiu de campo com brinca da arbitragem. Em um lance no segundo tempo, a bola chegou a cruzar parte da linha do gol, mas o juiz disse que não houve nada e mandou o jogo seguir. Nem a torcida nem os jogadores gostaram de decisão do árbitro gaúcho Róger Goulart.

— Foi horrível pela placar só, mas teve varias coisas positivas. Vamos falar um pouquinho da arbitragem também, palhaçada isso ai — protestou o lateral-direito.

O próximo desafio do Criciúma é no sábado que vem, em Barueri, contra O Oeste. A partida começa às 16h30min, e mesmo longe de casa, o elenco quer buscar a vitória para fazer as pazes com o torcedor.

— Não adianta atacar, atacar, e em um vacilo tomar o gol. Certos vacilos não podem acontecer, nós vamos buscar fora. Essas pessoas que estão nos xingando agora depois vão aplaudir, pois vamos buscar o acesso — comentou o atacante Silvinho, que usou a braçadeira de capitão na partida deste sábado.

Leia também:

Criciúma tem nova chance para voltar à primeira divisão do país

Criciúma 70 anos: curiosidades sobre o clube que completa sete décadas

Criciúma sai na frente, mas Santa Cruz vence por 2 a 1 na estreia da Série B

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioZagueiro do Criciúma lamenta terceira derrota na Série B: "Não é o que a gente queria" https://t.co/M6zpkCmzSShá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPM apreende 12 quilos de maconha durante operação no Morro do Horário, em Florianópolis https://t.co/WF7s78axixhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros