Grêmio perde para o Iquique e adia classificação na Libertadores - Esporte - O Sol Diário

Grupo 803/05/2017 | 21h20Atualizada em 04/05/2017 | 09h27

Grêmio perde para o Iquique e adia classificação na Libertadores

Tricolor saiu na frente com Barrios, mas levou a virada por 2 a 1

Grêmio perde para o Iquique e adia classificação na Libertadores Lucas Uebel,Grêmio/Divulgação
Ramiro foi expulso no fim do jogo Foto: Lucas Uebel,Grêmio / Divulgação

O Grêmio perdeu a chance de se classificar às oitavas de final da Libertadores com antecipação.

Após perder por 2 a 1 nesta quarta para o Iquique, em Calama, no Chile, o time de Renato Portaluppi agora precisa de uma vitória na Arena sobre o venezuelano Zamora, na última rodada, em 25 de maio, para garantir a liderança do Grupo 8 sem sustos. Até lá, o técnico Renato terá tempo para corrigir os problemas da equipe. Afinal, o próximo compromisso será em 14 de maio, na estreia do Brasileirão, contra o Botafogo.

Leia mais:
Grêmio responsabiliza o "homem de preto" por derrota para o Iquique
Diori Vasconcelos: arbitragem ruim e azarada no Chile
Desenho Tático Pós-Jogo: Iquique tirou do Grêmio a retenção de bola, que só voltou com Arthur

No deserto chileno, o técnico Renato surpreendeu ao anunciar o substituto de Bolaños, desfalque por lesão, contra o Iquique. Nem Arthur, nem Fernandinho, testados durante a semana, iniciaram o jogo. A opção do treinador foi por Michel, que formou dupla com Jailson no meio-campo. Assim, Ramiro atuou mais adiantado, como meia, ao lado de Luan, centralizado, e Pedro Rocha, pela esquerda.

Mesmo assim, o Grêmio não perdeu força ofensiva. E chegou com perigo aos cinco minutos, após belo cruzamento de Michel na cabeça de Lucas Barrios, que desviou no travessão. O árbitro Germán Delfino, no entanto, marcou impedimento do centroavante na jogada.

Leia mais:
Geromel evita reclamar, mas cita arbitragem na derrota do Grêmio 
Torcedor Gremista ZH: arbitragem prejudicou, mas o futebol do Grêmio foi fraquinho, fraquinho
Odorico reclama da arbitragem, mas mostra confiança: "Seremos primeiros do grupo"

Na casamata do Estádio Zorros del Desierto, o técnico Renato, trajado com um cachecol tricolor para proteger a garganta do clima árido do deserto, cobrava atenção da defesa. E deu bronca na sua zaga aos oito minutos, quando Torres recebeu com liberdade na área. Mas Léo Moura estava atento para desarmá-lo.

Com dificuldades para criar jogadas em aproximação, o Grêmio resolveu apostar na bola aérea para atacar. E deu certo. Aos 19 minutos, Luan cobrou escanteio do lado direito, Kannemann subiu alto para desviar e Lucas Barrios venceu a zaga antes de concluir às redes, marcando seu quinto gol nos últimos três jogos.

Leia mais:
Leonardo Oliveira: se culpar só a arbitragem, o Grêmio não dobrará a esquina da Libertadores
Renato justifica derrota para o Iquique: "Perdemos para a arbitragem"
Cotação ZH: Ramiro é o pior do Grêmio na derrota para o Iquique

No entanto, mal deu tempo para a torcida comemorar. No ataque seguinte, o Iquique teve pênalti marcado pela arbitragem, mas de forma equivocada. Após arriscar ao gol e obrigar Grohe a fazer boa defesa, D'Ávila dividiu o rebote com Ramiro. O volante gremista ergueu o pé direito, mas acertou a bola. E não a cabeça do jogador chileno, como entendeu o árbitro Germán Delfino. Na cobrança, aos 23 minutos, Bielkiewicz deslocou Marcelo Grohe para empatar a partida.

Depois do gol, o Grêmio adotou postura mais cautelosa em campo. Mas não deixou de ir à frente. Tanto que, aos 32 minutos, Luan cruzou para Ramiro, que cabeceou com liberdade dentro da área para boa defesa do goleiro Cortés.

Ainda assim, o time chileno levava perigo, sobretudo com a velocidade dos laterais Moreno e D'Ávila, que levavam ampla vantagem sobre Léo Moura e Marcelo Oliveira.

Leia mais:
Diogo Olivier: Grêmio foi severamente prejudicado pelo apito, mas time de Renato teve atuação mediana
Wianey Carlet: Grêmio teve uma das piores atuações do ano contra o Iquique

Depois do intervalo, o "nana, nenê" recriminado por Renato contra o mesmo Iquique na Arena se repetiu. Aos três minutos, Pedro Rocha "deu mole" ao fazer falta na frente da área. Em bela cobrança, Torres mandou no canto de Marcelo Grohe, que demorou uma eternidade para pular e teve de buscar a bola dentro do gol.

Depois de levar a virada, o técnico Renato resolveu apostar em Fernandinho, sacando Jailson da equipe. O atacante deu mais mobilidade ao ataque, tentando arrancadas pelo lado direito. Aos 17, foi ele quem arriscou chute para fora. Aos 19, Geromel arrancou pela direita e cruzou para Luan, que concluiu por cima.

Nos minutos finais, ainda entraram Arthur e Everton na equipe. E, aos 39, Barrios quase aproveitou cruzamento de Michel para empatar, mas Cortés defendeu com reflexo. Aos 42, Fernandinho concluiu com perigo. Mas o gol não veio. E, já nos acréscimos, Ramiro foi expulso por falta dura em Caroca.

O Grêmio terá de vencer o Zamora na Arena para avançar sem sustos na Libertadores.

*ZHESPORTES

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol Diário"Reforço" do Figueirense, Luiz Fernando espera chance para ajudar https://t.co/hwq3PEf7vOhá 33 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioDepois de seis anos, Maria Bethânia retorna a Florianópolis para show em dezembro https://t.co/4JxQ12vLFwhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros