Rafael Henzel reencontra adolescente que ajudou em seu resgate: "Menino anjo" - Esporte - O Sol Diário

Emoção10/05/2017 | 11h25Atualizada em 10/05/2017 | 12h28

Rafael Henzel reencontra adolescente que ajudou em seu resgate: "Menino anjo"

Jornalista está na Colômbia acompanhando a Chapecoense

Rafael Henzel reencontra adolescente que ajudou em seu resgate: "Menino anjo" Twitter / Reprodução/Reprodução
Foto: Twitter / Reprodução / Reprodução
ZH Esportes
ZH Esportes

O jornalista Rafael Henzel, que sobreviveu à queda do voo da Chapecoense em novembro do ano passado, está na Colômbia para acompanhar a final da Recopa Sul-Americana. Durante sua passagem pelo país, o narrador recebeu diversas homenagens do povo local e tratou de retribuir o carinho recebido. Nesta quarta-feira ele registrou em seu Twitter o encontro com uma família que ajudou em seu resgate.

Johan Ramirez, de 11 anos, saiu de casa na noite do dia 29 de novembro para, ao lado de seu pai, ajudar o resgate a localizar o avião que transportava a delegação da Chapecoense. No encontro de hoje, Henzel agradeceu ao garoto pela atitude.

— Olha aí o Johan, o Menino Anjo. Ontem (terça-feira) fui agradecer por ele ter saído de casa naquela noite, para indicar ao socorro onde estava o avião — postou o jornalista.

Leia mais:
Sobreviventes da Chapecoense voltam ao local da queda para se despedir das vítimas da tragédia
Em La Unión, na Colômbia, carinho pelos brasileiros e Chapecoense está por todos os lados
Sobreviventes do acidente com o avião da Chapecoense visitam hospital em que ficaram internados

Rafael Henzel visitou nesta terça-feira, ao lado de Neto, Alan Ruschel e Follmann o local da queda do avião da Lamia(galeria de fotos acima). O quarteto ainda refez o caminho do resgate. Muito emocionados, os sobreviventes da tragédia agradeceram a todo momento ao colombianos que ajudaram no resgate. Follmann declarou que desejava retornar ao local.

— Foi importante chegar aqui para vermos tudo que aconteceu. Sabíamos que tinha sido difícil, mas não tão difícil. É milagre. Não consigo pensar como o resgate nos tirou daqui, como conseguimos sobreviver a uma tragédia em um lugar desse. A vida passa rápido. Em um segundo, tudo muda — declarou Follmann à reportagem do GloboEsporte.

A Chapecoense decide o título da Recopa Sul-Americana a partir das 21h45min contra o Atlético Nacional. A primeira partida terminou 2 a 1 para os catarinenses.


Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAfastado do grupo principal do Figueira, Juliano diz: "Esforcei 110%" https://t.co/dCryN9TZc0há 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCBF adia instalação do árbitro de vídeo e fará treinamentos com juízes e assistentes https://t.co/1FkKUfcKfnhá 4 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros