Torcedores vão ao aeroporto saudar a Chapecoense campeã Catarinense - Esporte - O Sol Diário

Embarque07/05/2017 | 22h55Atualizada em 07/05/2017 | 23h17

Torcedores vão ao aeroporto saudar a Chapecoense campeã Catarinense

Verdão embarca para Medellín, onde jogará a segunda final pela Recopa

Torcedores vão ao aeroporto saudar a Chapecoense campeã Catarinense Marco Favero/Agência RBS
Foto: Marco Favero / Agência RBS

A festa pela conquista do título Catarinense foi curta para a Chapecoense. Menos de quatro horas de ter erguido o caneco no Arena Condá, a equipe chegava ao aeroporto Serafim Bertaso para embarcar rumo a Medellín, na Colômbia. Na quarta-feira, a equipe enfrenta o Atlético Nacional na decisão da Recopa Sul-Americana. Mas foi um início de viagem diferente: um grupo de torcedores apareceu para saudar os campeões.

A festa foi prolongada por alguns instantes. Enquanto os atletas desciam do ônibus que os conduziu ao aeroporto, houve cânticos. Mas logo os torcedores se misturaram com os jogadores para baterem fotos. Cena que se repetiu no saguão. 

O volante Rossi teve pouquíssimo tempo para comemorar, mas tinha o sorriso no rosto. 

— Nem deu tempo de comemorar. Tive apenas uma hora e aproveitei para jantar com minha esposa e com meu empresário. Estou muito contente pelo título e por ter entrado para a história do clube — disse o atacante, antes de tomar o avião.

Ele foi um dos atletas que a professora Joceli Romanoski Moura, que foi até o aeroporto para saudar os campeões de Santa Catarina, fez questão de tirar uma fotografia.

- Sou torcedora e vim porque está é uma conquista nova. Queria bater com o Rossi, Túlio de Melo, Wellington Paulista, Apodi e outros. Parabenizei eles e desejei boa viagem.

De Chapecó, em voo fretado, a delegação verde vai para São Paulo. No início da manhã de segunda faz o trajeto até Medellín. Na quarta-feira, enfrenta o time colombiano valendo mais um título. No jogo de ida, a Chape venceu o Atlético por 2 a 1 na Arena Condá

Leia mais:

Avenida Getúlio Vargas vira palco de grande festa em Chapecó

Rodrigo Faraco: uma grande decisão no bicampeonato da Chapecoense

"Ganhei mais uns dez cabelos brancos", brinca goleiro da Chape após título

Presidente da Chapecoense oferece título estadual aos que morreram na Colômbia: "Também é deles"


 
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros