Claudinei afasta pressão e valoriza desempenho de goleiro do Avaí - Esporte - O Sol Diário

Série A27/06/2017 | 08h09Atualizada em 27/06/2017 | 08h25

Claudinei afasta pressão e valoriza desempenho de goleiro do Avaí

Treinador não concorda com situação em decorrência de resultados antes do triunfo por 2 a 0 para o Botafogo, na noite desta segunda-feira

Claudinei afasta pressão e valoriza desempenho de goleiro do Avaí Satiro Sodré/SSpress/Botafogo
Avaí conta com boa atuação de goleiro Douglas para segurar o resultado positivo no Engenhão Foto: Satiro Sodré / SSpress/Botafogo
DC Esportes
DC Esportes

Vitória do alívio. Foi o primeiro triunfo do Avaí como visitante na Série A do Campeonato Brasileiro. E também deu "fôlego" para o técnico Claudinei Oliveira. O treinador vinha pressionado, mas o 2 a 0 do Leão sobre o Botafogo, na noite desta segunda-feira, dá tranquilidade para ele e também a equipe, que saiu da lanterna. Na entrevista coletiva após a partida, o comandante azurra não fugiu do assunto. Disse que seria injusto ser avaliado apenas pelos resultados recentes, e que o trabalho realizado no ano passado, com o acesso à Série A.

— Jamais vou preocupar meus atletas em relação a mim. Eles têm de jogar por eles. Acho injusto pelo que fiz até hoje no clube. Estávamos a oito pontos do G-4 da Série B, e hoje estava a seis pontos para sair do Z-4. Não acho justo, mas não acho correto e não concordo. Mas vamos curtir a vitória hoje e ver o que vamos fazer daqui para frente — disse o comandante azurra.

No Engenhão, ainda aos cinco minutos, Joel abriu o placar. O rival acusou o golpe e o Leão aproveitou. Aos 16 do primeiro tempo, o camaronês faria o segundo e decretaria o 2 a 0. Depois, Douglas apareceu bem até o intervalo, com boas intervenções. Mas na etapa complementar ele foi ainda mais decisivo, ante a pressão que o Botafogo empregou.

— O problema do Avaí nunca foi goleiro, desde que cheguei ao clube. O Maurício (Kozlinski) foi eleito o melhor do Catarinense. Conversei com ele depois por causa da falha. Temos jogo no domingo em casa, pela forma do gol sofrido, o Maurício seria vaiado pela torcida, talvez ainda no aquecimento. Seria justo o Douglas entrar agora, ganhar ritmo e depois enfrentar a Ponte Preta. Dou parabéns ao Douglas, é um excelente companheiro, esperou o momento. Lógico que o Maurício ficou chateado. Fico feliz pelo Douglas por ter se dedicado e foi premiado por ser um companheiro leal também. Vamos dar força ao Douglas e recuperar o Maurício para que esteja bem quando precisarmos dele. Vamos continuar com o Douglas e o Maurício vai aguardar a próxima oportunidade.

O Avaí enfrenta a Ponte Preta na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, a 11ª rodada da competição. O duelo está marcado para 19h de domingo, na Ressacada. 

Acesse a tabela do Brasileirão Série A
Leia mais notícias sobre o Avaí

O Sol Diário
Busca