Com atenção especial na defesa, Figueirense enfrenta o Santa Cruz - Esporte - O Sol Diário

Série B24/06/2017 | 06h47Atualizada em 24/06/2017 | 06h47

Com atenção especial na defesa, Figueirense enfrenta o Santa Cruz

Alvinegro tem média de dois gols sofridos por partida nos últimos jogos

Com atenção especial na defesa, Figueirense enfrenta o Santa Cruz Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Mesmo nos empates, o Figueirense não conseguiu ter a defesa ilesa na sequência negativa que passa. A equipe alvinegra padece na Série B do Campeonato Brasileiro pela sua retaguarda. Nos sete jogos sem vencer, não houve sequer um em que a meta não tenha sido vazada pelos adversários. Não tomar gols, portanto, é vital para que neste sábado, às 16h30min, na Arena Pernambuco, diante do Santa Cruz, o Figueira possa reencontrar as vitórias. Não ser vazado, ainda, significa uma dose de confiança ao conjunto na competição nacional.

Passadas as duas rodadas, com os triunfos sem gols, o Figueira sofre em média dois tentos por partida. Quando empatou com Criciúma e ABC, o placar foi de 2 a 2 em ambos. Se contra o Paraná a derrota teve apenas um gol sofrido, na rodada seguinte, diante o Luverdense, os três tomados "compensaram" e a média ficou arredondada.

A situação na classificação do campeonato – vice-lanterna na abertura da 10ª rodada –, exige que este número comece a cair para que a colocação aumente. O Figueirense tenta fazer com que essa balança penda para outra ponta após o duelo contra a equipe pernambucana.

Uma alternativa para tal é o retorno do zagueiro Marquinhos, que retoma a titularidade após mais de dois meses e meio sem atuar. Ele vai formar a dupla de zaga com Bruno Alves. Esta é uma aposta para tentar estancar não apenas os gols sofridos.

– É um jogador com histórico positivo no clube, tem liderança no grupo, e nos acresce muito na bola parada. Ganhamos na bola parada defensiva e ofensiva também – disse o técnico Marcelo Cabo.

Mudança também no setor ofensivo

Para acabar com o jejum de triunfos, além de Marquinhos, a confiança está depositada em outra volta, a de Jorge Henrique, que estava suspenso. O técnico Marcelo Cabo acredita que o camisa 10 possa render bem pelo lado de campo e auxiliar Henan e Robinho no ataque. Juntos, o trio anotou oito dos 11 tentos na competição.

O Santa Cruz, que iniciou a rodada na sétima colocação e com os mesmo 11 gols marcados, não conseguiu vencer as últimas duas partidas como mandante.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ: Julio Cesar; Nininho, Jaime, B. Silva e Roberto; Elicarlos, T. Primão e Léo Lima; A. Luís( Augusto), B. Paulo e H. Pitbull (Ricardo Bueno). Técnico: Adriano Teixeira

FIGUEIRENSE: T. Rodrigues; Dudu, B. Alves, Marquinhos e G. Lazzaroni; Zé Antônio, Dudu Vieira e Marco Antônio; J. Henrique. Robinho e Henan. Técnico: Marcelo Cabo

Arbitragem: Rodrigo Nunes, auxiliado por Marcelo Van Gasse e Emerson de Carvalho (trio de SP)

Local: Arena Pernambuco, em Recife

Acesse a tabela da Série B

Leia mais notícias sobre o Figueirense


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPrefeitura de Itapema quer cancelar Plano Municipal de Saneamento https://t.co/ObITYTU6iAhá 27 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSá Leitão assume Ministério da Cultura e diz que vai tentar reduzir custos e aumentar receitas https://t.co/GjzuvDjzFIhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros