Criciúma empata com o Luverdense e deixa a lanterna da Série B - Esporte - O Sol Diário

Fora de casa03/06/2017 | 18h40Atualizada em 03/06/2017 | 19h01

Criciúma empata com o Luverdense e deixa a lanterna da Série B

Time catarinense conseguiu primeiro ponto após partida sem gols

Criciúma empata com o Luverdense e deixa a lanterna da Série B Arte DC/Diário Catarinense
Time catarinense conseguiu primeiro ponto após partida sem gols na Arena Pantanal Foto: Arte DC / Diário Catarinense

Na estreia do técnico Luís Carlos Winck, o Criciúma finalmente conseguiu o seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro da Série B. A partida contra o Luverdense terminou em um empate por 0 a 0 na Arena Pantanal. Apesar de a rede não ter balançado, as duas equipes tiveram oportunidades para sair com a vitória. A principal chance foi de Caio Rangel, que chutou para fora com o goleiro já batido. O resultado tira o Criciúma da lanterna, que está momentaneamente com o Náutico. O time do Mato Grosso também está na zona de rebaixamento, com dois pontos na 17ª colocação. 

Apesar do calor intenso em Cuiabá, o jogo foi movimentado. Com um estádio vazio e sem pressão, o Criciúma se lançou ao ataque e teve as duas primeiras oportunidades, em lances de escanteio e de chutes de fora da área, porém o goleiro Diogo Silva estava atento e não deu rebotes. No meio do primeiro tempo, o time da casa, começou a se acertar. Aos 18 minutos, em uma sobra de escanteio, Ratão chutou e Raphael Silva cortou uma bola que entraria no cantinho. 

Já no fim da primeira etapa, o time da casa chegou mais uma vez com perigo. Aos 39, Ratão tocou para Marco Aurélio dentro da área, porém o chute do meia saiu por pouco. Três minutos depois, Caio Rangel perdeu a melhor oportunidade do jogo. Após jogada trabalhada, Fabinho Santos rolou para Caio Rangel dentro da pequena área, mas o atacante isolou, mesmo com o goleiro batido.

As equipes perderam um pouco da intensidade na segunda etapa. A primeira chance foi para o Luverdense aos 15 minutos, porém a cobrança de falta de Paulinho subiu um pouco demais e acabou na rede pelo lado de fora. O time mandante ainda teve outras oportunidades aos 17 e aos 29 minutos, porém sem sucesso. O Criciúma tentava responder com chutes de fora da área. O Luverdense ainda reclamou uma penalidade que teria sido cometida por Raphael Silva, porém o juiz deixou o jogo seguir.

Após o apito final, o técnico Luís Carlos Winck disse ter gostado da atuação do time, que, segundo ele, ainda tem muito a evoluir.

— Foi um bom jogo. Nós tivemos oportunidades e claro que ainda temos muitas coisas para corrigir. Foram apenas dois dias de treinamento, mas o time se movimentou bem e fez uma boa partida — afirmou, na saída do gramado. 

Na próxima terça-feira, o Criciúma viaja a Caxias do Sul para enfrentar o Juventude, que está no G-4. O jogo será às 19h15min. No mesmo dia, o Luverdense volta a jogar na Arena Pantanal, desta vez contra o Vila Nova, às 21h30min. 

Ficha técnica

Luverdense
Diogo Silva; Moacir, Neguette, Pablo e Paulinho; Ricardo, Rafael Ratão (Cléo Silva),  Erik, Douglas Baggio (Rodrigo Fumaça) e Marco Aurélio (Sérgio Mota); Rafael Silva.  Técnico: Júnior Rocha. 

Criciúma
Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Nino e Marlon; Barreto, Jocinei e Alex Maranhão (Ricardinho); Caio Rangel, Zé Roberto (Adalgiso Pitbuil) e Fabinho Alves (Jheimy). Técnico: Luís Carlos Winck. 

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Flavio Gomes Barroca e
Vinicius Melo de Lima (trio do RN) 

Cartões amarelos: nenhum

Estádio: Arena Pantanal - Cuiabá - MT

Saiba como foram os melhores lances da partida
Veja a classificação completa da Série B

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioHercílio Luz faz melhorias no Aníbal Costa para os jogos do Catarinense https://t.co/tQHE6RdJBkhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPRÉ-JOGO: confira os bastidores de Avaí x Palmeiras https://t.co/8OYdV4Vkh2há 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca