Fã de Eto'o, camaronês Joel chega ao Avaí para usar a camisa 99 - Esporte - O Sol Diário

Série A20/06/2017 | 16h08Atualizada em 20/06/2017 | 16h08

Fã de Eto'o, camaronês Joel chega ao Avaí para usar a camisa 99

Fã de Eto'o, camaronês Joel chega ao Avaí para usar a camisa 99 Avaí/Divulgação
O atacante Joel foi apresentado pelo presidente do Leão, Francisco Battistotti Foto: Avaí / Divulgação
DC Esportes
DC Esportes

O Avaí procura a solução para a falta de gols no Campeonato Brasileiro. Se é do camisa 9 a responsabilidade de empurrar a bola para o fundo das redes, por que não fazer uma aposta dupla no número místico do futebol? Na tarde desta terça-feira, o atacante camaronês Joel foi apresentado pelo Leão na Ressacada. Ele vai utilizar o manto azul com o número 99 nas costas para tentar acabar com a seca de gols da equipe azurra.

Emprestado pelo Cruzeiro até o fim da temporada, o jogador de 23 anos chegou à nova casa esbanjando vontade e disposição. Em seu discurso, em bom português, o atleta diz que está cheio de gás para ajudar o Leão a voltar a vencer e deixar a zona de rebaixamento. Vinculado ao Cruzeiro, o camaronês foi emprestado a Santos e Botafogo, mas não conseguiu repetir nestas equipes o mesmo bom futebol de quando despontou atuando por Londrina e, depois, pelo Coritiba.

— Eu estou aqui para somar e para ajudar o Avaí, é um time que merece estar lá em cima. Essa é minha prioridade. É óbvio que quero fazer gols, mas a prioridade é ajudar o time a conseguir vitórias. Estou aqui para somar com minha determinação, minha vontade de jogar, de vencer — destacou o centroavante que é fã do compatriota Samuel Eto'o.

Para que possa estar à disposição do técnico Claudinei Oliveira para o jogo contra o Fluminense, às 21h45min desta quarta-feira, o atleta precisa ter o nome publicado no BID da CBF. A situação nos registros da entidade é o único entrave, já que, fisicamente, o atacante diz estar pronto para ir a campo.

— Eu estou pronto. Não fiquei parado nenhum dia. Tenho treinado, feito trabalhos de força. Quando saí do Rio e fui para Minas Gerais, fui com isso na cabeça, de treinar para estar pronto quando fosse preciso.

Atleta de 23 anos, Joel é um jogador jovem frente aos outros atletas que o Avaí apresentou nas últimas semanas, como Juan e Maicon, ambos de 35 anos. Além de contribuir com sua juventude, o novo reforço pretende contaminar o grupo com sua energia e disposição.

— Vontade não vai faltar. Em um dia ou outro, você pode estar mal em um jogo, errar um passe, mas a vontade não pode faltar. Isso mostra que você está querendo, mesmo com as coisas não dando certo. Você corre para marcar, para ajudar o companheiro. Isso pode motivar um companheiro e vai contaminando um por um. Quem sabe assim, com todos os jogadores incorporando a mesma atitude, a gente possa sair com a vitória — disse.

Acesse a tabela do Brasileirão Série A
Leia mais notícias sobre o Avaí

 
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros