Receita caseira: Avaí busca fazer valer mando de campo ante o Fla - Esporte - O Sol Diário

Série A11/06/2017 | 09h10Atualizada em 11/06/2017 | 09h10

Receita caseira: Avaí busca fazer valer mando de campo ante o Fla

Com a força da Ressacada, onde conquistou quatro pontos, Avaí espera vencer o Flamengo e voltar a somar pontos no Campeonato Brasileiro

Receita caseira: Avaí busca fazer valer mando de campo ante o Fla Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Ressacada, remédio azurra. Dos quatro pontos somados até agora no Campeonato Brasileiro, o Avaí os conquistou jogando em sua casa. Casa azul e branca que estará aberta às 16h deste domingo para o confronto contra o Flamengo. Cabe o Leão a pegada dos últimos jogos para vencer o adversário e não deixar de juntar mais pontos, primordiais para quem está na luta pela permanência na elite do futebol nacional.

Um na estreia, ante o Vitória, e mais três no primeiro triunfo no torneio, diante do Sport — ambos no Aderbal Ramos da Silva, nome oficial do estádio no sul da ilha de Florianópolis. Os outros três jogos da equipe no campeonato terminaram em derrota, ante São Paulo, Chapecoense e Atlético-MG: fora de casa. Contra o Flamengo, o Avaí tenta manter a máxima de não deixar de somar como mandante. E vai se amparar no desempenho dos últimos jogos para isso.

A partir da entrada de Juan, o técnico Claudinei Oliveira pôde contar com alternativas ao jogo azurra. As variações convergem, praticamente, para uma equipe mais agressiva dentro de campo. Com esta postura o Leão venceu a primeira e teve uma boa atuação diante do Galo, na rodada passada, apesar do revés em Minas Gerais. Não há dúvida de que este é o padrão do Avaí para o embate da sétima rodada do Brasileirão.

O treinador tinha o desejo de repetir a formação do último jogo. Porém, acha improvável que possa contar com Wellington Simião, por causa de problema médico. Em compensação, o volante Judson será liberado após ausência por veto do departamento médico e pode voltar, mas de acordo com a estratégia montada pelo treinador.

– Acho que o time está encaixando, mudou um pouco. Falávamos disso no Catarinense, que assim que tivéssemos jogadores com característica diferentes, que dessem variações, iríamos mudar. Hoje temos isso com o Juan. Esperamos que continue o encaixe. Infelizmente não temos conseguido manter a formação. No próximo jogo, infelizmente, não poderemos continuar com o Simião. É complicado não dar sequência, mas mostra que estamos no caminho certo – disse o treinador.

Os ingressos para o jogo contra o Flamengo estão à venda desde a última quarta-feira. Para as arquibancadas descobertas, que inclui o espaço para a torcida visitante (já esgotado), o valor é de R$ 60. Nas arquibancadas cobertas há bilhetes por R$ 80 e R$ 100, conforme o setor.

Confira as últimas do Avaí
Acesse a tabela da Série A

O Sol Diário
Busca