Avaí empata com a Ponte Preta em casa e se mantém na vice-lanterna - Esporte - O Sol Diário

Brasileirão02/07/2017 | 21h16Atualizada em 02/07/2017 | 21h20

Avaí empata com a Ponte Preta em casa e se mantém na vice-lanterna

Boa atuação do goleiro Douglas Friedrich garantiu um ponto ao Leão

Avaí empata com a Ponte Preta em casa e se mantém na vice-lanterna Leo Munhoz/Agencia RBS
Avaí e Ponte Preta fizeram partida movimentada, mas de pouca inspiração no ataque Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A tentativa de recuperação do Avaí no Brasileirão parou no empate sem gols com a Ponte Preta na noite deste domingo, na Ressacada. As duas equipes fizeram uma partida movimentada e marcada pelo equilíbrio, mas também de pouca inspiração no ataque dos dois lados. Quando o problema não foi a pontaria nas finalizações, os goleiros tiveram papel de destaque e garantiram o placar fechado.

Pior para o Avaí, que perdeu a oportunidade de subir uma posição na tabela e se mantém na vice-lanterna, com apenas 9 pontos — o Vitória empatou com o Bahia no Barradão e tem a mesma pontuação, mas leva vantagem no saldo de gols.

Mesmo sem o mesmo volume de criação da Ponte Preta, principalmente no primeiro tempo, o Avaí por pouco não encontrou o gol que poderia garantir a vitória: quase nos acréscimos, o atacante Rômulo recebeu dentro da área, girou sobre a marcação e bateu com força, exigindo boa defesa de Aranha no lance. 

Mas foi a estrela do goleiro Douglas Friedrich, titular há apenas dois jogos, que garantiu o empate ao Leão da Ilha. Aos 10 minutos de jogo, ele salvou um chute de fora da área de Lucca. Outra grande defesa se repetiu aos 17 minutos, quando espalmou uma cabeçada certeira de Naldo. A Ponte viu mais uma chance parar nas mãos de Douglas novamente com Lucca, em cobrança de falta aos 23 minutos. 

O goleiro do Avaí ainda contou com a sorte aos 36, em um lance em que Claudinho aproveitou uma sobra fora da área e chutou com perigo, fazendo a bola raspar na trave esquerda. A performance foi mantida em alta no segundo tempo, sendo reconhecida durante e após o jogo nas arquibancadas. 

—A torcida tem uma simpatia por mim, é um pouco reflexo daquilo que eu sou. Eu vim para ajudar o Avaí dentro da minha posição, com lealdade aos meus companheiros. Tive a paciência de aguardar meu momento, minha oportunidade, e agora ela veio. Não conseguimos criar grandes oportunidades, mas não tomamos gols. Isto nos deixa satisfeitos para dar continuidade ao trabalho — destacou Douglas.

Ainda que o resultado não tenha sido o esperado, o zagueiro Betão também destacou a postura da equipe nas duas últimas partidas como um fator positivo para as próximas rodadas.

—Uma coisa que estava atrapalhando a gente era a oscilação no campeonato. Conseguimos duas partidas boas. Querendo ou não, são quatro pontos em dois jogos disputados. Temos que manter esse foco para buscar as vitórias — reforçou.

O Avaí volta a campo contra o Grêmio, domingo, em Porto Alegre. 

—Sabemos que vai ser uma partida muito difícil, mas estamos numa crescente muito boa — apontou o zagueiro Fagner Alemão.

FICHA TÉCNICA

Avaí - 0 Douglas; Leandro Silva (Diego Tavares), Alemão, Betão e Capa; Luan, Judson (W. Simião), Juan e Pedro Castro; Joel e Romulo (Júnior Dutra). Técnico: Claudinei Oliveira. 

Ponte Preta - 0Aranha; Jeferson, Kadu, Marllon e Fernandinho; Fernando Bob, Naldo e Léo Artur (Jadson), Claudinho (F. Saraiva), Lucca, Lins (Negueba). Técnico: Gilson Kleina

CARTÕES AMARELOS: Romulo (A). Claudinho e Naldo (P).

ARBITRAGEM: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Dibert Pedrosa Moises e Michael Correia (trio do RJ).

LOCAL: Ressacada

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioIngressos para Avaí e Atlético-GO começam a ser vendidos na quinta-feira https://t.co/cLotmyCaMvhá 44 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCriciúma e Figueirense fazem o último clássico entre catarinenses no ano https://t.co/PbdoNoJ9TKhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros