Inter volta a decepcionar no Beira-Rio e perde para o Boa - Esporte - O Sol Diário

Série B01/07/2017 | 18h19Atualizada em 01/07/2017 | 20h12

Inter volta a decepcionar no Beira-Rio e perde para o Boa

Diones marcou o gol da vitória dos visitantes

Inter volta a decepcionar no Beira-Rio e perde para o Boa Félix Zucco/Agência RBS
Foto: Félix Zucco / Agência RBS

Até o Boa ganha no Beira-Rio. Os novos tempos do Inter são assim. Em mais uma atuação fraquíssima, os colorados foram derrotados pelo time mineiro por 1 a 0 e corre risco de deixar uma vez mais o G-4 da Segunda Divisão. Dessa vez, nem mesmo a falta de tempo para treinar pode servir de desculpa. O time de Guto Ferreira passou a semana concentrado no luxuoso eco resort Vila Ventura. 

O jogo começou com o roteiro de sempre no Beira-Rio da Série B: adversário fechado, Inter tentando pressionar sem sucesso e correndo algum risco em contra-ataques. A semana de treinos e de concentração em Viamão não parece ter dado um melhor futebol ao time de Guto Ferreira. O Inter buscava avançar pelas laterais, com Fabinho e Carlinhos ou pelo meio, com o trio Dourado, Charles e Mossoró dando início às jogadas. Porém, sem velocidade, o ataque colorado facilitava a vida da defesa mineira. Para piorar, nas poucas vezes em que o Inter chegou à área do Boa, as conclusões foram sofríveis. 

Leia mais:



Aos 26 minutos, o roteiro dos tropeços colorados quase se cumpriu: contra-ataque do Boa, o lateral Ruan entra às costas de Carlinhos, cara a cara com Danilo Fernandes, e chuta para fora. Aos 39, Fellipe Mateus invadiu a área e teve a camisa puxada por Danilo Silva. O árbitro não marcou o pênalti. E, ao final do primeiro tempo, era o Boa quem merecia marcar. Aos 43 minutos, Fellipe Mateus cobrou falta no ângulo e Danilo Fernandes fez uma grande defesa. Assim que o árbitro apitou, ao final dos 45 minutos, mais uma repetição no Beira-Rio: vaias. 

No segundo tempo, com Juan no lugar de Mossoró, o Inter tentou pressionar. E não conseguiu. E, além de não conseguir pressionar o Boa, conseguiu levar um gol do Boa. O veteraníssimo Ramon (ex-Grêmio) enganou com facilidade Dourado e Klaus e encontrou Diones invadindo a área pelo meio, sozinho, para desviar de Danilo Fernandes: Boa 1 a 0. 

Com graves problemas para atacar o Boa, o primeiro chute colorado surgiu aos 13 minutos, quando Brenner bateu fraco, nas mãos do goleiro Daniel. Diego e Roberson ainda foram a campo, mas nada que desse futebol ao Inter. A partir dos 30 minutos, a torcida colorada começou a gritar "vergonha, vergonha, time sem vergonha", "Danilo guerreiro, o resto é pipoqueiro" e "sejam mais guerreiros". A atuação do time de Guto Ferreira era abaixo da crítica. 

Veja também   
Após derrota para o Boa, torcida do Inter arremessa gradis e garrafas, e BM reage com bombas
"Boa foi mais feliz na estratégia do que a gente", diz Guto Ferreira após derrota do Inter
Confira a tabela de classificação da Série B

Aos 37 minutos, o Inter ficou com um jogador a mais em campo. Júlio Santos — campeão gaúcho com o Novo Hamburgo — e Diego trocaram empurrões, ambos receberam amarelo, mas o zagueiro do Boa já tinha recebido um cartão amarelo antes. Foi expulso.  

Ao final de mais um tropeço do Inter na Série B, a impressão que fica é a seguinte: o atual Inter está jogando entre os seus iguais.

Acompanhe o Inter no Colorado Gaúcha ZH. Baixe o aplicativo:

Android 

iOS 

*ZHESPORTES

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioIncêndios no Rio Vermelho e Moçambique são controlados, mas áreas ainda exigem atenção https://t.co/iPphkmqD72há 18 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJoinville e Florianópolis fazem a final do basquete em cadeira de rodas https://t.co/zIdKUhhpBkhá 18 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros