No Z-4, Figueirense faz as contas para deixar momento complicado - Esporte - O Sol Diário

Série B13/07/2017 | 08h30Atualizada em 13/07/2017 | 08h30

No Z-4, Figueirense faz as contas para deixar momento complicado

Alvinegro precisa somar pelo menos nove pontos, conforme edições anteriores, para terminar primeiro turno fora da zona de rebaixamento

No Z-4, Figueirense faz as contas para deixar momento complicado Luiz Henrique/FFC
Figueirense usa passa por situação delicada na Série B Foto: Luiz Henrique / FFC

Os números traduzem o momento do Figueirense . Depois de 13 rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, a situação está cada vez mais complicada. Se começou a competição com o sonho do acesso para retornar à elite, a realidade aponta que a briga é contra o rebaixamento.

O Alvinegro ocupa a 18ª posição com 12 pontos – aproveitamento de 30,8%. Para chegar ao fim do primeiro turno em uma situação menos complicada, precisa ao menos alcançar os 21 pontos – média dos últimos onze anos para estar na 16ª colocação – o primeiro fora do Z-4. 

Ou seja, dos próximos seis jogos que vai disputar, precisa somar pelo menos nove pontos - um aproveitamento de 50%. Por isso, a reação não pode tardar. É preciso vencer o Brasil-RS amanhã, às 19h15min, no Estádio Bento Freitas.

A vitória fora de casa pode dar o fôlego que falta ao time, mas a calculadora já faz parte do dia a dia no Orlando Scarpelli. Desde 2006, 54,5% dos clubes que terminaram o primeiro turno com 21 pontos, em média, escaparam o rebaixamento. Em 2016 e 2015, por exemplo, Bragantino (20) e Boa Esporte (22), respectivamente, caíram para a terceira divisão nacional. Já em 2014 o mesmo Bragantino terminou a primeira fase da competição com 19 pontos e, em 2013, o Atlético-GO somava 20. Ambos escaparam do descenso ao fim do Brasileirão.

Os números não são bons para o Alvinegro. Segundo o site Chance de Gol, que faz estatísticas e probabilidades de campeonatos, as chances de acesso neste ano são mínimas, para não dizer nulas: 0,04%. E o que preocupa o torcedor do clube: as chances de rebaixamento à Série C são de 73,4%. 

Já o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que também calcula estatísticas do Brasileirão, aponta números mais alentadores ao time catarinense: as chances de cair são menores, 48,3%. E para subir à Série A, o Figueira tem 2,1% de chance.

Uma combinação de resultados já nesta rodada pode deixar o Figueirense fora do Z-4. Mas, para isso, o time não pode vacilar.

Leia mais notícias sobre o Figueirense
Acesse a tabela de classificação da Série B do Brasileirão


Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMorre, aos 74 anos, Carlos Alberto Silva, o "homem do chifre" https://t.co/d4O9k1qCQKhá 12 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioDecreto da prefeitura pode acabar com conselhos municipais de Florianópolis, dizem ONGs https://t.co/8UcR7kCPiWhá 12 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros