Para passar pelo Defensa Y Justicia, Chapecoense terá que mostrar sua faceta ofensiva - Esporte - O Sol Diário
 
 

Sul-Americana25/07/2017 | 07h01Atualizada em 25/07/2017 | 15h52

Para passar pelo Defensa Y Justicia, Chapecoense terá que mostrar sua faceta ofensiva

Verdão perdeu jogo de ida por 1 a 0 e tenta dar o troco em casa

Para passar pelo Defensa Y Justicia, Chapecoense terá que mostrar sua faceta ofensiva Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC

A Chapecoense vive um dilema na noite desta terça-feira. O time do técnico Vinícius Eutrópio precisa atacar o Defensa y Justicia e, para não complicar ainda mais a partida, não sofrer gol. Uma vitória por dois tentos de diferença garante o Verdão do Oeste na próxima fase da Copa Sul-Americana – na partida de ida, a equipe argentina venceu por 1 a 0. O duelo está marcado para as 19h15min, na Arena Condá.

Para ter êxito na missão, a Chape vai ter que recuperar a veia ofensiva da equipe, marca do time na primeira metade do ano. O problema é que o técnico Vagner Mancini foi demitido do comando justamente por fazer o time jogar de forma aberta. No seu último jogo, por exemplo, o Verdão havia empatado em 3 a 3 com o Fluminense, no Rio, pelo Brasileirão. A preocupação com o sistema defensivo teria sido um dos motivos que levaram a direção a escolher Vinícius Eutrópio. 

Com a chegada do novo treinador, com um perfil de menos exposição em seus times, a Chape tropeçou no início, mas nas últimas partidas apresentou um futebol consistente e conquistou vitórias importantes, como os 2 a 0 no São Paulo em casa. É isso que, mais uma vez, precisará mostrar para buscar a classificação. 

Exemplos dos últimos duelos 

Um fato pode preocupar o torcedor: nos dois últimos jogos, o time levou gols – no triunfo sobre o Vitória por 2 a 1 e na derrota para o Santos por 1 a 0, ambos fora de casa. A partida desta terça é um desafio para o time, que precisa marcar e não sofrer.

– O time não é mais defensivo, é mais equilibrado. Mesmo fora, finalizamos mais do que Santos e Vitória. Vamos seguir a mesma linha, mas acrescentar nossa arma aqui com transição e velocidade – disse Eutrópio na coletiva de imprensa desta segunda-feira, sem confirmar a equipe que entra em campo na Arena Condá. 

Se passar pelo Defensa y Justicia, a Chape chega às oitavas de final da Sul- Americana e vai encarar o vencedor de Flamengo e Palestino, do Chile.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Lucas Marques, Lucas Mineiro, Luiz Antônio e Seijas; Arthur. Técnico: Vinícius Eutrópio. 

DEFENSA Y JUSTICIA: Arias; Alvarado, Jerez Silva, Bareiro e Rivero; Miranda, Cubas, Castellani e Delgado; Kaprof e Rios. Técnico: Nelson Vivas. 

ARBITRAGEM: Daniel Fedorczuk, auxiliado por Miguel Nievas e Gabriel Popovists (trio do Uruguai) 

DATA E HORÁRIO: nesta terça-feira, às 19h15min 

LOCAL: Arena Condá, em Chapecó

Leia mais notícias sobre a Chapecoense

O Sol Diário
Busca