UFC: Jon Jones nocauteia Daniel Cormier em luta histórica e retoma o cinturão - Esporte - O Sol Diário
 
 

O campeão voltou30/07/2017 | 03h08Atualizada em 30/07/2017 | 03h46

UFC: Jon Jones nocauteia Daniel Cormier em luta histórica e retoma o cinturão

Jon "Bones" Jones estava há quase um ano e meio sem lutar e venceu arquirrival após luta dura

UFC: Jon Jones nocauteia Daniel Cormier em luta histórica e retoma o cinturão Sean M. Haffey/AFP
Foto: Sean M. Haffey / AFP
Lancepress
Lancepress

A revanche mais esperada da história do UFC demorou muito a acontecer, mas valeu a espera. Em um combate emocionante, Jon Jones nocauteou Daniel Cormier de forma espetacular aos 3m01seg do terceiro round da luta principal do UFC 214, neste sábado, em Anaheim (EUA), e colocou um ponto final na histórica de rivalidade entre os dois. O americano recupera o título absoluto dos meio-pesados após mais de dois anos.

A vitória veio no terceiro round, após dois tempos de troca de golpes duros, com vantagem de Cormier – a 3m01s do terceiro round, Jones acertou um chute alto com a perna esquerda no rosto do rival, com quem mantém uma relação conturbada e cercada de polêmicas. Com o lutador no chão, Jones promoveu uma sequência de golpes que fez com que o juiz desse a luta por encerrada.

Leia mais:
Os números de Jon Jones vs. Cormier
Brasileira Cris Cyborg nocauteia Evinger e conquista cinturão

O duelo foi muito movimentado. Cormier buscou cercar o rival durante todo o tempo, enquanto Jones se movimentou melhor e tentou atingir o rival de forma contundente. Daniel começou o confronto melhor, acertando golpes duros, enquanto Jon mostrou muita paciência até encontrar uma brecha onde encaixou uma canelada na cabeça do oponente e assim abriu caminho para a vitória, precisando apenas conferir mais alguns socos em Cormier já caído no solo até a interrupção do árbitro. 

Com o resultado, Jones recupera o cinturão dos meio-pesados após mais de dois anos. O americano perdeu o título depois de ser flagrado em caso de doping em 2015. Jones se envolveu em diversas polêmicas com a polícia , chegou a admitir dependência alcoólica, entre outras polêmicas até retornar ao octógono neste sábado. Jon agora soma um cartel de 23 vitórias e apenas uma derrota na carreira. Já Cormier, sofreu a segunda derrota de sua trajetória no esporte - ambas foram contra Jones. Ele tem 19 vitórias ao todo.

Após perder a luta, Cormier ainda tentou deixar o octógono antes do anúncio da vitória de Jones, deu um tapa na mão do árbitro e se recusou a ficar no centro do octógono. Jones ainda falou diretamente ao campeão derrotado, antes de ir ao encontro de Cormier, que não conseguiu segurar as lágrimas, e de sua equipe:

– Queria dizer a todos que amo muito meus fãs. E quero pedir a todos que aplaudam Daniel Cormier. Ele é e sempre será um grande campeão.


O Sol Diário
Busca