Bem na defesa e mal no ataque, Avaí carece de gols para deixar o Z-4 - Esporte - O Sol Diário

Série A08/08/2017 | 14h26Atualizada em 08/08/2017 | 14h26

Bem na defesa e mal no ataque, Avaí carece de gols para deixar o Z-4

Juan avalia que baixa produtividade ofensiva tem sido o principal problema do Leão na Série A

Bem na defesa e mal no ataque, Avaí carece de gols para deixar o Z-4 Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS
DC Esportes
DC Esportes

O Avaí tem a baixa média de 0,52 gol por jogo no Campeonato Brasileiro. A baixa assiduidade com as redes é um dos motivos que explica a presença da equipe na zona de rebaixamento da Série A. Por isso, o meio-campista Juan, um dos experientes do plantel azurra, cobra aumento da produtividade ofensiva da equipe para deixar a área da classificação que ocupa há 15 rodadas.

— Os números mostram que precisamos melhorar. Temos média abaixo de um gol por jogo. Isso foi predominante para não termos alcançado os pontos que queríamos. Temos de melhorar bastante nisso para manter o Avaí na Série A — disse o atleta, em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, após o treinamento na reapresentação do elenco.

Em compensação, na outra ponta, o Avaí sofreu 1,3 gol por partida na competição. De acordo com Juan, não é tanto tendo em vista os oito dos 19 encontros sem ter a meta vazada na competição. O problema, conforme o atleta, foram as partidas em que o adversário saiu na frente e o Leão teve de correr atrás do placar.

— Foram jogos que saímos atrás no placar e precisamos abrir um pouco mais. Mas no geral tomamos poucos gols, o que é difícil no Campeonato Brasileiro. Conseguimos isso várias vezes — comentou.

Acesse a tabela do Brasileirão Série A 
Leia mais notícias sobre o Avaí


O Sol Diário
Busca