Com gol no fim, Chapecoense perde para o Corinthians na Arena Condá - Esporte - O Sol Diário

Série A23/08/2017 | 21h33Atualizada em 23/08/2017 | 21h40

Com gol no fim, Chapecoense perde para o Corinthians na Arena Condá

 Verdão do Oeste segue sem vencer o time paulista 

Com gol no fim, Chapecoense perde para o Corinthians na Arena Condá Márcio Cunha/Especial
Time do atacante Túlio de Melo foi derrotado em casa Foto: Márcio Cunha / Especial

Não foi desta vez que a Chapecoense conseguiu vencer o Corinthians. Com um gol no último minuto do jogo, o time catarinense perdeu por 1 a 0 e segue sem vencer o time paulista. Agora, acumula quatro derrotas para o líder do Campeonato Brasileiro na Arena Condá, em quatro anos. 

Enquanto o time catarinense fica nos 25 pontos, em 15º lugar, o Timão vai a 50, abrindo dez pontos de vantagem para o Grêmio, vice-líder. Em partida atrasada da abertura do returno, o Corinthians queria ampliar a vantagem na liderança. Já a Chapecoense tentava se afastar ainda mais da zona de rebaixamento e quebrar o tabu de nunca ter vencido o time paulista. 

O primeiro tempo foi de muita marcação e poucas chances de gol. Dono da melhor defesa do campeonato, o time de Fábio Carille dava pouco espaço para a Chapecoense e tentava roubar a bola e partir para o contra-ataque. A Chape buscava o ataque, mas não conseguia entrar na área. 

O jeito foi tentar nos cruzamentos. Num deles Wellington Paulista conseguiu cabecear, mas o goleiro Cássio fez a defesa. Depois, Wellington Paulista cruzou na área e Túlio de Melo tentou tirar do goleiro, cabeceando para o chão, mas a bola raspou a trave e saiu. 

O Corinthians teve um gol anulado, de Rodriguinho. A arbitragem flagrou mão do jogador no lance. Foi a única chance clara do time adversário. No intervalo houve uma homenagem com cem crianças segurando bandeiras verdes e brancas, para marcar os centenário de Chapecó. 

No segundo tempo, o jogo ficou mais aberto. A Chapecoense continuou com a bola aérea. Grolli cabeceou fraco e Cássio defendeu. O Corinthians levou perigo numa jogada de linha de fundo de Fagner, que cruzou rasteiro na área e Rodriguinho finalizou com perigo, para fora. Logo em seguida, Fagner novamente cruzou com perigo, mas Jandrei conseguiu espalmar a bola antes que ela chegasse no atacante Jô. 

O goleiro também salvou em outro lance ao sair rápido da meta e evitar o gol de Clayson, que recebeu livre dentro da área. Romero também teve uma chance, mas errou o chute. A Chapecoense teve sua chance de marcar com Túlio de Melo, porém o zagueiro Leo Santos evitou o gol. Quando a partida parecia se encaminhar para um empate sem gols, Clayson achou Jô dentro da área e, desta vez, o atacante não perdoou, fazendo o gol da vitória corintiana. 

A Chapecoense segue com o tabu de não vencer o Timão. O próximo confronto do Verdão é o clássico contra o Avaí, domingo, na Ressacada.

Ficha técnica

Chapecoense: Jandrei, Apodi (Diego Renan), Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Lucas Marques, Lucas Mineiro e Luiz Antônio (Nenén); Penilla (Júlio Cesar), Túlio de Melo e Wellington Paulista. Técnico: Vinícius Eutrópio. 

Corinthians: Cássio, Fagner, Léo Santos, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel (Camacho), Maycon, Marquinhos Gabriel (Clayson) e Rodriguinho (Paulo Roberto); Romero e Jô. Técnico: Fabio Carille.

Gol: Jô (CO), aos 45 minutos do segundo tempo. 

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Júnior, auxiliado por Bruno Boschilia e Vitor Hugo Imazu dos Santos (trio do PR) 

Cartões amarelos: Reinaldo (CH); Jô e Clayson (CO) 

Local: Arena Condá, em Chapecó 

Público: 15.831 

Renda: R$ 625.655,00

Leia mais sobre a Chapecoense
Confira a tabela de classificação da Série A


O Sol Diário
Busca