Dez a fio: repórter cumpre missão na prova dos 10k de Maratona em Floripa - Esporte - O Sol Diário

Desafio27/08/2017 | 16h34Atualizada em 27/08/2017 | 16h54

Dez a fio: repórter cumpre missão na prova dos 10k de Maratona em Floripa

Repórter João Lucas Cardoso encara a prova de 10k da Maratona Internacional de Florianópolis e alcança o objetivo em desafio

Dez a fio: repórter cumpre missão na prova dos 10k de Maratona em Floripa José Corrêa/MIF
Repórter João Lucas Cardoso completa prova dos 10k em 57 minutos Foto: José Corrêa / MIF
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Foto: Arte DC / Arte DC

De repente a visão ficou embaçada. Via apenas uma faixa suspensa e distante, a linha de chegada. O som nos fones de ouvido soava distante. Escutava um zunido que parecia ser o pedido das pernas para terminar ali. Guardo os detalhes desde a largada, tudo, até ali, a uns 500 metros do fim. Apaguei por uns dois minutos. Quando me dei por conta, a última linha tinha ficado alguns centímetros para trás. O Dez a fio tinha acabado além do meu limite. Terminou com a prova de 10k da Maratona Internacional de Floripa percorrida em menos de uma hora. Pelo meu monitoramento, em 57m50s – quase dois minutos a mais do pretendido, mas dentro do objetivo. Nada mal para a primeira prova de corrida da vida.

> Entenda o que é o Dez a fio, projeto para fazer de um repórter um corredor

Não houve dor alguma entre partida e chegada, algo que me atordoou em alguns momentos da preparação. Não senti nada, e o mérito é da massoterapeuta Sintia Silveira, que fez um trabalho espetacular comigo na antevéspera. A primeira metade, os cinco quilômetros, foi conforme o estipulado e tranquilo. Do retorno ao trapiche, para os últimos cinco quilômetros, lembrei de todos os profissionais da Floripa Runners envolvidos no projeto, além do treinador Fabiano Braun. Buscava na memória cada aprendizado e treinamento quando comecei a esmorecer. Cheguei a pensar em caminhar no sétimo quilômetro, porém segui em frente e no mesmo ritmo. Até chegar ao quilômetro final.

Cada perna parecia pesar uma tonelada cada. Senti que diminui a velocidade e terminei com o sentimento de que me arrastei até a linha de chegada. Pasmem, foi o meu quilômetro mais rápido de toda a prova. Não poderia ser mais surpreendente quanto em um mês ser também um corredor.

Confira o antes e depois da prova no vídeo a seguir

Leia mais:
Dez a fio: repórter vai encarar os 10k da Maratona Internacional de Floripa
Dez a fio: repórter aprende a dosar esforço e a seguir com disciplina os treinamentos
Dez a fio: primeiras dores causam mudança no plano de treinamentos
Dez a fio: motivado por "perebas" na retomada dos treinamentos
Dez a fio: esforço e exaustão na metade do caminho rumo aos 10k
Dez a fio: desafiado sente evolução nos treinos e se anima com proximidade da prova
Dez a fio: contagem regressiva para a primeira prova da vida
Dez a fio: reta final de preparação aos 10k com sabor de despedida
Dez a fio: jornalista e corredor está na linha de partida para a prova

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros