Entidade que atende jovens do Morro Horácio terá quadra construída pelo Criança Esperança  - Esporte - O Sol Diário
 
 

Ter um amigo...04/08/2017 | 07h32Atualizada em 04/08/2017 | 07h32

Entidade que atende jovens do Morro Horácio terá quadra construída pelo Criança Esperança 

Projeto "Mini Olimpíadas", da Irmandade do Divino Espírito Santo, foi o único da Grande Florianópolis aprovado pela Unesco 

Entidade que atende jovens do Morro Horácio terá quadra construída pelo Criança Esperança  Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

Uma competição que reúna centenas de crianças e adolescentes de diversas comunidades carentes de Florianópolis, com o mesmo espírito de confraternização e cultura de paz dos Jogos Olímpicos. Essa ideia chamou atenção do pessoal do Criança Esperança, tanto que uma quadra coberta poliesportiva será construída para receber o evento graças à iniciativa. O projeto, chamado Mini Olimpíadas Ides, foi desenvolvido pela a Irmandade do Divino Espírito Santo, ONG fundada em 1773.

Os jogos serão realizados entre os dias 07 e 11 de novembro. Serão cinco equipes, cada uma representando um continente. Por isso, os voluntários da entidade correm contra o tempo para iniciar as obras. Os recursos estão garantidos desde fevereiro pela Unesco, cerca de R$ 300 mil. O projeto foi o único da grande Florianópolis aprovado pelo Criança Esperança.

Atualmente, 130 meninos e meninas entre 6 e 16 anos são atendidos pelo Núcleo Arte Educação da Ides, que fica na unidade do bairro Agronômica. São diversas atividades esportivas, como futsal, vôlei, basquete, handebol, atletismo, xadrez, e tênis de mesa. A maioria dos jovens vem das comunidades do maciço do Morro da Cruz, como Horácio e Vila Aparecida. No local, são servidas três refeições diárias. A verba vem de recursos próprios da instituição, além de convênios com as secretarias municipais de Assistência Social e Educação.

A campanha para o Criança Esperança começou em 2015, quando o edital para 2016 foi aberto. A ideia de uma Mini Olimpíada veio justamente pois era época de expectativa com o maior evento esportivo do planeta, que seria realizado no Rio de Janeiro. A alegria foi imensa, quando a equipe do projeto respondeu o e-mail. "É com satisfação que informamos que o seu projeto foi selecionado no processo seletivo Criança Esperança 2016".

As obras da quadra devem começar na primeira semana de setembro e tem prazo de ficarem prontas em 45 dias.

— O nosso objetivo é agregar famílias de todas as comunidades de Florianópolis. Todos os projetos sociais estão convidados. A gente espera receber até 500 pessoas entre participantes e voluntários — convida a coordenadora do Núcleo Arte Educação do IDES, Luciana de Melo Nunes.

"Agora a gente sabe que o Criança Esperança existe!"
Apesar de só ter 13 anos, o Diogo Felipe de Morais é um dos meninos mais antigos atendidos pelo Ides. Morador do Morro do Macaco, o moleque entrou na instituição com 6 anos, como curioso. Hoje, pratica três esportes lá: futsal, vôlei e basquete.

— Eu via na TV e nem achava que o Criança Esperança existisse. Agora a gente sabe que é real! Mas a galera já está cobrando pra quadra começar de uma vez! — cobra o pequeno.

Diogo não acreditava que o Criança Esperança realmente existisse Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

As ONGs interessadas em participar das Mini Olimpíadas devem entrar em contato com a IDES através dos seguintes contatos:
telefone: 3228-3492
e-mail: cordenacao.nae@ides-sc.org.br A/C Luciana de Melo Nunes
Facebook: IDES Floripa

Demais projetos de SC apoiados pelo Criança Esperança

Em 2016, também foi aprovado pela iniciativa o projeto A Música Como Agente Transformador, da Associação Irmã Carmen, de Araranguá. Em 2015, a iniciativa catarinense selecionada pelo Criança Esperança foi a da construção de uma quadra poliesportiva no bairro Monte Cristo, em Florianópolis, pelo Centro de Educação e Evangelização Popular (Cedep).

Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS


O Sol Diário
Busca