"Hoje o momento foi de valorização da vida", disse o técnico da Chapecoense - Esporte - O Sol Diário

Troféu Joan Gamper07/08/2017 | 18h20Atualizada em 07/08/2017 | 23h41

"Hoje o momento foi de valorização da vida", disse o técnico da Chapecoense

Eutrópio ressaltou que a equipe que enfrentou o Barcelona foi organizada uma hora antes da partida

"Hoje o momento foi de valorização da vida", disse o técnico da Chapecoense Juan Barbosa/especial
Vinícius Eutrópio reconheceu que é muito difícil um time vencer o Barcelona Foto: Juan Barbosa / especial
DC Esportes
DC Esportes

O resultado da partida amistosa contra o Barcelona, no Camp Nou, derrota por 5 a 0, foi o que menos importou para a Chapecoense nesta segunda-feira. Na visão do técnico Vinícius Eutrópio, o objetivo da partida era celebrar a vida e os sobreviventes do acidente aéreo no ano passado. 

— Futebol nos proporciona coisas incríveis, vence barreiras assim como outros todos esportes, mas acho o futebol é mais forte. Pelé parou uma guerra. Tantos outros clubes já demonstraram a importância do futebol na vida das pessoas. Hoje nós temos aqui um momento que reputo como a valorização da vida, respeito às pessoas que se foram, e o mais importante celebrar a alegria do futebol — disse o treinador na coletiva de imprensa após a partida no Camp Nou. 

Retorno de Alan Ruschel inspira a Chapecoense contra o gigante espanhol

Eutrópio lembrou que assumiu a equipe há cerca de 30 dias e que no domingo o time teve jogo pelo Campeonato Brasileiro - derrota para o Coritiba por 2 a 0. Por isso, o placar da final do Troféu Joan Gamper não deve ser levado em consideração.

— Existiam vários objetivos nesse jogo pra minha equipe, mas a principal delas, que eu levei em consideração, é a valorizar aquelas pessoas que sobreviveram ao acidente, valorizar os atletas que têm muitos anos de equipe. Então, nós organizamos a equipe uma hora antes do jogo e quis valorizar a participação de todos contra essa grande equipe, que encanta a todos nós. Eu pude no dia de hoje deixar que meus jogadores saboreiem esse momento na vida deles que é jogar no Camp Nou contra o Barcelona, que sabíamos que era muito difícil que nós conseguíssemos vencer essa grande equipe — frisou.

Leia também: 
Neto: "Daqui a 200 anos vão falar que a Chapecoense esteve no Camp Nou" 
"Eles são tudo isso e mais", diz Apodi após partida contra o Barcelona 
Leia outras notícias sobre a Chapecoense


Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioClaudinei promete que Avaí vai brigar até o final contra a queda https://t.co/Ow0heLT0Czhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPrefeitura de Balneário Camboriú vai protestar dívidas em cartório https://t.co/BrBkmEwTBLhá 2 horas Retweet
O Sol Diário
Busca