Roberto Alves: "Carta de intenção aprovada no Conselho indica novos caminhos para o Figueirense" - Esporte - O Sol Diário
 
 

Opinião02/08/2017 | 08h00Atualizada em 02/08/2017 | 08h00

Roberto Alves: "Carta de intenção aprovada no Conselho indica novos caminhos para o Figueirense"

Títulos como Copa do Brasil ou Campeonato Brasileiro, permanência na Série A, arena alvinegra... Tudo isso são apenas projeções

Roberto Alves: "Carta de intenção aprovada no Conselho indica novos caminhos para o Figueirense" Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
roberto alves
roberto alves

Toda a carta de intenção aprovada na reunião do Conselho Deliberativo indica novos caminhos para o Figueirense. Uma dúvida apenas: o contrato será por 15 ou 20 anos com o novo grupo de investidores. 

O presidente

Não há mais dúvida que Wilfredo Brillinger, na condição de atual presidente do Figueirense, vai participar do conselho de gestão da nova empresa. No entanto, não terá voz no futebol. 

Aprovação

Alguns membros do Conselho Fiscal, por onde o projeto deverá passar, já consideram a aprovação como certa. O novo encontro dos conselheiros, em 7 de agosto, vai aprovar a carta de intenção dos investidores, que no seu organograma terá um CEO (executivo). O grupo vai escolher a nova comissão de futebol. 

Projeção

Títulos Sul-americanos, Copa do Brasil ou Campeonato Brasileiro, permanência na Série A, arena alvinegra... Tudo isso são apenas projeções. A cobrança ocorrerá mais tarde.

Em campo

Dentro de campo, contra o Juventude, o Figueira teve mais uma noite de terror. Sem meio de campo, sem organização, apresentou um fraco futebol e só empatou. De ponto positivo só a boa atuação de Robinho. 

Figueirense apresenta melhora, mas cede empate para o Juventude no Scarpelli

Atrito 

Carlos Arini liga para a coluna para contestar nota aqui publicada terça-feira, negando que teve um atrito com o presidente Brillinger. 

– Nunca assisti jogo no camarote do presidente, mas sempre sozinho numa cabine do estádio. Meu relacionamento com o presidente sempre foi ótimo e de muito respeito, mesmo na hora da demissão – disse. 

Então está bem. A fonte muito próxima ao comando do futebol alvinegro está dispensada.

Leia mais sobre o Figueirense
Confira a tabelada Série B

O Sol Diário
Busca