Roberto Alves: "Mais uma noite de terror do Figueirense" - Esporte - O Sol Diário
 
 

Opinião01/08/2017 | 21h50Atualizada em 01/08/2017 | 21h50

Roberto Alves: "Mais uma noite de terror do Figueirense"

Desorganizado, o Figueira é uma equipe que não tem armação, não tem meio de campo

Roberto Alves: "Mais uma noite de terror do Figueirense" Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
roberto alves
roberto alves

Mais uma noite de terror do Figueirense. O time não fez uma boa partida. Esteve na frente duas vezes e tomou o empate por 2 a 2 do Juventude. Desorganizada, é uma equipe que não tem armação, não tem meio de campo. É um negócio seríssimo. Um Alvinegro nervoso, intranquilo, sob tensão. Foi um jogo muito ruim, cheio de erros de passes. 

Do lado do Furacão, destaque apenas para Robinho. No fim da partida, fez uma jogada individual, deixando a bola na medida para Dudu Vieira, que isolou a finalização. No lado do Juventude, o melhor foi Leilson. 

Eu esperava mais da equipe gaúcha, que achei muito fraca e com muitas dificuldades. É um time bem organizado pelo técnico Gilmar Dal Pozzo, mas limitado. O Figueirense deixou passar mais uma vez a chance de fazer os três pontos. 

A situação do momento é delicada. A intranquilidade, a tensão e o nervosismos têm atrapalhado e levado o clube a uma campanha terrível na Série B.

Confira a tabela da Série B do Brasileirão


O Sol Diário
Busca