Diante do Paraná, Figueirense tem chance de decolar para fora do Z-4 - Esporte - O Sol Diário

Série B29/09/2017 | 07h00Atualizada em 29/09/2017 | 07h00

Diante do Paraná, Figueirense tem chance de decolar para fora do Z-4

Se vencer nesta sexta, Alvinegro ganha ânimo antes de confrontos diretos decisivos

Diante do Paraná, Figueirense tem chance de decolar para fora do Z-4 Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Ganhar, engatar a primeira vitória de uma sequência e arrancar para fora da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. O Figueirense tem um duelo complicado às 19h15min desta sexta-feira, em casa. Recebe o terceiro colocado Paraná, no Orlando Scarpelli, com mais uma chance de deixar o Z-4. Porém, essa é diferente porque representa uma oportunidade única: depois dessa partida, o Alvinegro encara dois adversários diretos na batalha pela permanência.

Nas rodadas seguintes, o Figueira terá pela frente o Luverdense, que tem no momento dois pontos a mais, e o Santa Cruz, empatado na pontuação mas em vantagem (e fora do Z-4) pelos critérios de desempate. Por isso o duelo ante os paranaenses é vital. O Furacão pode sair da área incômoda e ainda deixá-la para trás na sequência, com os jogos dos dois sábados seguintes. Um simples empate hoje basta para que o Figueirense pelo menos pernoite fora da zona de rebaixamento. Uma vitória, combinada com tropeços dos dois rivais diretos, que jogam no sábado, é mais que o bastante para que a estada seja prolongada por no mínimo uma rodada.

Porém, o duelo contra o Paraná não será dos mais simples, e o momento do time de Curitiba justifica. A equipe comandada pelo técnico Matheus Costa, de interino a efetivado no cargo recentemente, está invicta há sete partidas, sendo que destes jogos venceu seis: com 13 gols assinalados e apenas um sofrido.

O Figueirense vem de dois jogos sem amargar derrota. Porém, o mais importante foi estancar a perda de pontos no Orlando Scarpelli. O time alvinegro venceu os últimos dois compromissos como mandante (2 a 0 sobre o ABC e 2 a 1 sobre o Guarani) e está há quatro partidas sem ser batido em seus domínios. No entanto, precisa continuar na trilha. Para conseguir permanecer na Série B nacional, precisa estar no mínimo próximo dos 100% de aproveitamento dos pontos em compromissos em casa.

Novamente a direção alvinegra tenta fazer com que os jogadores tenham um incentivo extra enquanto a bola rolar com a presença do torcedor. O clube oferece ingressos a R$ 20 para as arquibancadas descobertas ao torcedor que fizer a compra com a camisa do clube. Ainda, os associados têm direito a adentrar ao Scarpelli com um acompanhante.

A equipe alvinegra terá alterações para o confronto contra o Paraná. Para a vaga do suspenso Leandro Almeida, o técnico Milton Cruz indicou na atividade de véspera do duelo que Henrique Trevisan estará ao lado de Marquinhos. Será a segunda partida do defensor nesta Série B. Além dele, o treinador vai promover o retorno de Marco Antônio à equipe e também do atacante Joãozinho. O primeiro fica com a vaga que foi de Lucas Silva e o segundo com a de Luidy, titulares no empate por 1 a 1 com o Criciúma na última terça-feira.

FICHA TÉCNICA 

FIGUEIRENSE
Saulo; Dudu, Marquinhos, Trevisan e João Lucas; Pereira, Patrick e Marco Antônio; Joãozinho, Ty Sandows e Henan. Técnico: Milton Cruz 

PARANÁ
Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias e Renatinho; Vitor Feijão, João Pedro e Alemão. Técnico: Matheus Costa 

ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhaes, auxiliado por Rodrigo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (trio do RJ) 

HORÁRIO: nesta sexta, às 19h15min 

LOCAL: Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Leia todas as notícias do Figueirense
Acesse a tabela da
Série B do Campeonato Brasileiro

O Sol Diário
Busca