Rodrigo Faraco: os detalhes da negociação de Luiz Fernando, que saiu do Figueirense - Esporte - O Sol Diário

Opinião29/09/2017 | 17h05Atualizada em 29/09/2017 | 17h05

Rodrigo Faraco: os detalhes da negociação de Luiz Fernando, que saiu do Figueirense

Joia da base foi negociada, não houve uma rescisão unilateral, e o clube manteve 30% dos direitos

Rodrigo Faraco: os detalhes da negociação de Luiz Fernando, que saiu do Figueirense Luiz Henrique/Figueirense
É preciso dizer que o jovem Luiz Fernando queria muito jogar no Figueirense Foto: Luiz Henrique / Figueirense

Primeiro é preciso informar que o atacante Luiz Fernando foi negociado. Não houve uma rescisão unilateral com depósito de multa integral, por única e exclusiva vontade do atleta, dos pais e do agente dele. Houve uma negociação e o Figueirense também fez parte do acordo.

Depois é preciso dizer que o jovem Luiz Fernando queria muito jogar no Figueirense. Neste período em que foi trazido ao profissional um novo contrato estava sendo negociado, mas em nenhum momento chegou próximo de ser efetivado. Os números e interesses simplesmente não batiam.

Maior promessa da base, Luiz Fernando rompe contrato com o Figueirense

A boa notícia, segundo apurei entre ontem e esta sexta é que o clube MANTEVE 30% dos direitos econômicos do jogador. Isto pode ser muito positivo no futuro, com uma próxima negociação. Estes 30%, se o jogador cumprir dentro de campo o que todos enxergam nele e vingar, podem valer muito mais do que os 70% negociados agora.

E quanto valeram agora estes 70%? Bom, a multa rescisória estava em R$ 3 milhões. A negociação realizada agora coloca R$2,1 milhões nos cofres do clube neste momento. E afinal, foi um bom negócio? Pelos R$2,1 milhões não dá pra afirmar. O bom negócio vai mesmo surgir se Luiz Fernando se tornar realidade. Lá na frente o Figueirense pode ganhar muito dinheiro com estes 30%. Daí será um bom negócio.

Com tudo isso, mantenho minha leitura de que faltou ao Figueirense uma condução mais acertada deste caso. Luiz Fernando era uma joia da base, esteve no clube desde os 12 anos. Era para o clube ter feito, no momento de subir ao profissional, um contrato de cinco anos com ele. Todo clube faz isso com suas revelações. A grande frustração é ver mais um talento indo embora precocemente, sem sequer jogar no time profissional do Figueirense.  

Leia todas as notícias do Figueirense
Acesse a tabela da
Série B do Campeonato Brasileiro

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMarquinhos fala da volta de Kozlinski aos titulares do Avaí: "Confiança do grupo ele tem" https://t.co/u033a8eZuzhá 1 diaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTécnico do Figueirense exalta grupo e diretoria: "Fizemos uma família" https://t.co/TgxY1wi2Tuhá 1 diaRetweet
O Sol Diário
Busca