Avaí tem confronto direto com a Ponte Preta para tentar sair do Z-4 - Esporte - O Sol Diário

Série A22/10/2017 | 07h03Atualizada em 22/10/2017 | 07h03

Avaí tem confronto direto com a Ponte Preta para tentar sair do Z-4

Duelo importante para a permanência do Leão está marcado para as 19h de domingo, em Campinas

Avaí tem confronto direto com a Ponte Preta para tentar sair do Z-4 Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Não há tempo a lamentar. Juntados os cacos após o empate no último minuto contra o Botafogo na quarta-feira, o Avaí tem que colocar a cabeça no lugar para ir em busca da recuperação no Campeonato Brasileiro. E não há momento melhor que agora. Ou melhor, que neste domingo, às 19h, contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Após a boa arrancada de turno, o Leão despencou na tabela de classificação e voltou à vice-
lanterna. Só que neste fim de semana, se o time azurra fizer a sua parte, o destino pode conspirar a favor dos catarinenses. Todos os adversários diretos na briga contra o rebaixamento fazem confrontos com grau de dificuldade maior. Avaí e Ponte Preta protagonizam o único confronto direto entre os ameaçados pela degola.

Com três pontos a mais que o time de Junior Dutra e companhia, o São Paulo recebe o Flamengo, que vem de vitória maiúscula sobre o Bahia por 4 a 1, às 17h de domingo. No mesmo dia e horário, o Vitória (que tem dois a mais que o Leão), tem clássico estadual contra o Tricolor baiano, que luta para se recuperar e contará com a força da torcida na Fonte Nova.

A Ponte Preta é quem vem logo na sequência, abrindo o Z-4. E com a mesma pontuação do Avaí, mas uma vitória a mais, está o Coritiba, que vai até o Maracanã para enfrentar o Vasco, equipe que vem em alta na competição e já vê ficar mais concreta a possibilidade de conquistar uma vaga na Libertadores.
Precisando de cinco vitória nos nove jogos que tem pela frente, o grupo mantém a confiança de que é possível alcançar o objetivo. Mas tudo passa por um bom duelo diante da Macaca fora de casa neste domingo.

– Difícil é, mas não vou dizer que é impossível enquanto não acabar o campeonato. Eu vejo comentários sobre a competição em cada rodada. Esse campeonato está diferente dos outros. Acho que pode acontecer, não vou bater o martelo e dizer que vamos ganhar os próximos cinco jogos. Mas acho que é possível – destaca o zagueiro Betão.

A principal dúvida sobre o time do Avaí é no meio de campo, especialmente sobre a participação do meia Marquinhos. Apesar de não estar começando os últimos jogos, o veterano pode dar à equipe a experiência necessária para atravessar o momento delicado na competição. Contra o Fogão, ele entrou no intervalo e teve uma atuação destacada na segunda etapa. Em cobrança de pênalti, marcou o gol que abriu o placar.

– Todos sabem que o Marquinhos é um jogador criativo, experiente, conhece os atalhos do campo. Sabe a maneira de jogar, tem uma inteligência muito grande, uma sabedoria, visão de jogo. Pelas características dele, criamos mais. Ele é o cabeça pensante, por isso tivemos mais oportunidades, melhor toque de bola. Se o Claudinei optar por ele, será bem-vindo como sempre. A qualidade do Marquinhos ninguém pode questionar – defende Betão.

FICHA TÉCNICA
Ponte Preta:
Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e Jéferson; Élton; Claudinho, Jean Patrick, Renato Cajá e Danilo Barcelos; Lucca. Técnico: Eduardo Baptista
Avaí: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Wellington Simião (Pedro Castro) e Marquinhos (Joel); Luanzinho, Romulo e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira
Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por Jose Eduardo Calza e Mauricio Coelho Silva Penna (trio do RS).
Horário: às 19h de domingo.
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Leia outras notícias sobre o Avaí
Acesse a tabela da
Série A do Brasileirão


O Sol Diário
Busca