Com gol nos acréscimos, Brusque e JEC empatam pela Copa Santa Catarina - Esporte - O Sol Diário

Futebol12/10/2017 | 19h56Atualizada em 12/10/2017 | 20h02

Com gol nos acréscimos, Brusque e JEC empatam pela Copa Santa Catarina

Resultado mantém o time de Joinville na liderança da competição, agora com quatro pontos

Com gol nos acréscimos, Brusque e JEC empatam pela Copa Santa Catarina Assessoria do JEC/Divulgação
Foto: Assessoria do JEC / Divulgação

O técnico Rogério Zimmermann está longe de ser um futurologista, mas ele acertou em cheio na previsão que apontava dificuldades para o JEC diante do Brusque, no Estádio Augusto Bauer. E se a Copa Santa Catarina é um laboratório, o Joinville passou por várias experiências no empate por 2 a 2 na tarde desta quinta-feira, em Brusque

O Tricolor perdia por 2 a 0 até os 36 minutos do segundo tempo. A partir daí, começou a reação que teve o gol de empate aos 48 minutos do segundo tempo. Rafael Grampola, aos 36, e Patrick, aos 48, balançaram a rede para o JEC. Antes, Edu (duas vezes) havia colocado o Brusque à frente.

Com o resultado, o JEC se mantém na liderança da Copa Santa Catarina com quatro pontos. O time, no entanto, pode ser alcançado pelo Inter de Lages que, no domingo, enfrenta o Tubarão. Na próxima rodada, ia 22, o Joinville vai enfrentar o Inter, em Lages.

O JEC começou melhor a partida. Eduardo Person e Rafael Grampola levaram perigo ao goleiro Dida em oportunidades nos dez primeiros minutos de jogo. No entanto, aos poucos, o Brusque passou a dominar a partida, sempre usando os lados para vencer a marcação dos laterais Buiú e Gustavo.

No primeiro tempo, o Brusque errou na pontaria e, por este motivo, não abriu o placar. Na segunda etapa, o cenário mudou. Novamente explorando os lados, os donos da casa saíram na frente. Após cruzamento da direita de João Carlos, Edu antecipou Alisson e marcou aos quatro minutos.

O JEC tentou reagir, mas esbarrava na falta de inspiração de Breno, Thiago Alagoano e Alex Ruan. O Brusque aproveitou e marcou o segundo aos 25, quando Adãozinho, livre, serviu Edu na ponta esquerda. O atacante chutou cruzado e marcou o segundo.

Jean Dias poderia ter marcado o terceiro aos 35 minutos, após outra jogada pelo lado. Matheus salvou o JEC e o lance deu início à reação. Logo depois, Rafael Grampola costurou pela ponta direita e mandou um belo chute no ângulo de Dida: 2 a 1.

No fim, o JEC apostou nas bolas paradas. E deu certo. Na sobra de uma delas, Kadu arriscou, a bola desviou em Patrick e morreu no fundo da rede de Dida, determinando o placar do confronto.

Leia as últimas notas de Elton Carvalho  
Leia outras notícias do esporte

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMarquinhos fala da volta de Kozlinski aos titulares do Avaí: "Confiança do grupo ele tem" https://t.co/u033a8eZuzhá 1 diaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTécnico do Figueirense exalta grupo e diretoria: "Fizemos uma família" https://t.co/TgxY1wi2Tuhá 1 diaRetweet
O Sol Diário
Busca