Hercílio Luz e Concórdia conquistam acesso para a Série A do Catarinense - Esporte - O Sol Diário

Estadual01/10/2017 | 18h16Atualizada em 01/10/2017 | 18h16

Hercílio Luz e Concórdia conquistam acesso para a Série A do Catarinense

Time de Tubarão disputará a elite em 2018, ano em que completa o centenário

Hercílio Luz e Concórdia conquistam acesso para a Série A do Catarinense João Lucas Cardoso/Diário Catarinense
Foto: João Lucas Cardoso / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Hercílio Luz e Concórdia estão de volta à primeira divisão do Campeonato Catarinense. Na tarde deste domingo, com um Aníbal Costa vibrante, a equipe de Tubarão venceu outra vez o Camboriú e ganhou a vaga na elite estadual. Enquanto isso, em Concórdia, o Galo do Oeste superou o Marcílio Dias por 1 a 0 para carimbar o passaporte. 

Pelo Leão do Sul, Jeferson Baiano, Wellington Saci e Hyago anotaram os tentos do triunfo. Pelo time do Oeste, foi de Abner o tento salvador sobre o Marinheiro.

Hercílio Luz
Foto: Matheus Madeira / Hercílio Luz

Jogo no Sul

Melhor e bem apoiado pela torcida, o Hercílio Luz jogava em busca do gol, ainda que a derrota por um de diferença fosse o bastante por causa 2 a 1 no jogo de ida, em Camboriú. Aos 18, botou uma bola na trave laranja, mas a exposição quase complicou os donos da casa. Após jogada em velocidade, aos 32, Mano mandou chute rasteiro e forte que o goleiro Martins fez a defesa mais difícil da etapa inicial. 

Os mandantes continuaram em cima e o gol saiu. Aos 13 do segundo tempo, Arence bateu e o goleiro Paulo Roberto rebateu na frente de Jeferson Baiano, que  completou para o fundo das redes. Enquanto a torcida hercilista vibrava, o centroavante comemorou o tento como faria Brasão, o homem de área rival: sem camisa e com os músculos contraídos. 

Em contragolpe, Wellington Saci, que entrou durante a etapa final, fez o segundo, aos 29. Seis minutos depois, Hyago cumprimentou o goleiro fez o terceiro, para garantir o acesso. Aos 43, o Cambura fez o seu, com Jessé. 

Ao final da partida, hercilistas se abraçavam comovidos pelos 10 anos de tentativas em voltar à elite do Estado. O clube disputou a primeira divisão pela última vez em 1995, se licenciou e retomou o futebol profissional em 2007. Tubarão passar a ter dois times entre os 10 da Série A do Catarinense.  

Duelo no Oeste

Após a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, o Concórdia precisava de qualquer vitória para confirmar a vaga, já que terminou a fase de classificação com a melhor campanha. O duelo foi muito disputado. 

Criando mais oportunidade, o time da casa conseguiu o seu tento no primeiro tempo com o atacante Abner. Na segunda etapa, a equipe do Oeste continuou atacando e desperdiçou uma série de oportunidades. 

As finais estão marcadas para os dois próximos domingos. Por ter uma campanha melhor, o Concórdia joga por dois resultados iguais para ser campeão. O primeiro jogo será em Tubarão.

Leia mais notícias sobre a Série B do Catarinense

O Sol Diário
Busca