Revelação do Avaí, Luanzinho agradece elogios de Marquinhos: "Confiança me deixa feliz" - Esporte - O Sol Diário

Azurra25/10/2017 | 17h09Atualizada em 25/10/2017 | 17h48

Revelação do Avaí, Luanzinho agradece elogios de Marquinhos: "Confiança me deixa feliz"

Meia revela apoio do ídolo azurra e frisa que não tem receio das responsabilidades com a camisa do time

Revelação do Avaí, Luanzinho agradece elogios de Marquinhos: "Confiança me deixa feliz" Divulgação / Avaí/Avaí
Luanzinho reconhece responsabilidades no Avaí Foto: Divulgação / Avaí / Avaí
DC Esportes
DC Esportes

Promessa do Avaí alçado a titular nos últimos jogos, o jovem Luanzinho agradeceu os elogios do meia Marquinhos. Na coletiva de imprensa desta quarta-feira, o meia disse que está muito feliz e que não recusaria vestir a camisa 10 do time, caso a recebesse do ídolo azurra. 

— Ele é um ídolo para mim, desde que cheguei no Avaí eu quis jogar do lado dele e é gratificante demais. Não cheguei a me imaginar com a 10, mas se ele quiser me dar, não vou recusar. Sei da responsabilidade, mas seria muito gratificante — frisa Luanzinho, lembrando que sempre recebeu apoio de Marquinhos. — Ele sempre me ajudou, é um pai para mim aqui dentro. Fala para não deixar as coisas subirem para a cabeça. Quando eu faço algo errado ele pega no pé, quando faço coisas boas ele me dá parabéns. É importante ter esse apoio dele, temos uma amizade muito boa e no dia a dia vamos nos entendendo cada vez mais.  

No último domingo, após a vitória sobre o Ponte Preta, fora de casa, Marquinhos apontou a jovem revelação do Avaí como craque e que, se parasse hoje de jogar futebol, entregaria a Luanzinho a camisa 10 azurra. 

— Nossa amizade é muito grande, nos treinamentos sempre estamos conversando. Eu sinto confiança com ele em campo e é com os outros também. Ele fica mais perto de mim no campo e estamos nos sentindo muito bem — ressalta o meia, que não tem receio das responsabilidades com a camisa azurra. — A torcida nos apoia bastante e essa confiança em cima de mim me deixa feliz. Eu tento agradar a eles em campo com raça, determinação e ajudar com todo mundo.

O grupo avaiano fez um trabalho tática nesta quarta gramado do CFA. O zagueiro Alemão, com um trauma no tornozelo, ficou fora do trabalho, mas não é dúvida para o duelo contra o Grêmio, domingo, às 19h, na Ressacada. A equipe volta aos treinamentos na manhã desta quinta. 

Leia outras notícias sobre o Avaí
Acesse a tabela da
Série A do Brasileirão


O Sol Diário
Busca