Roberto Alves: Claudinei deve ter se convencido que Marquinhos é titular do Avaí de olhos fechados - Esporte - O Sol Diário

Opinião19/10/2017 | 19h18Atualizada em 19/10/2017 | 19h18

Roberto Alves: Claudinei deve ter se convencido que Marquinhos é titular do Avaí de olhos fechados

Já o meia Pedro Castro precisa de um descanso urgentemente, tanto quanto o atacante Joel

Roberto Alves: Claudinei deve ter se convencido que Marquinhos é titular do Avaí de olhos fechados Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
roberto alves
roberto alves

Lições

Claudinei Oliveira deve ter se convencido que Marquinhos é titular de olhos fechados. Luanzinho e o restante do time crescem com o Galego em campo. Pedro Castro precisa de um descanso urgentemente, tanto quanto Joel.

Da alegria à tristeza

E ainda dizem que não há injustiça no futebol. O que ocorreu com o Avaí foi um empate com sabor de derrota. Tudo conspira contra o Leão. Diante do Botafogo, futebol apenas no segundo tempo, e foi quando o Leão foi muito superior com a entrada de Marquinhos. O Galego botou todo mundo para jogar.

O empate

Quando vencia por 1 a 0, o atacante Junior Dutra teve em seus pés a bola do jogo. Chamou para si a responsabilidade de definir o lance e Gatito impediu. Num segundo lance, Romulo também foi barrado por outra defesa espetacular do goleiro. Quem na não faz corre o risco de levar.

O árbitro

Rafael Traci foi mais um botocudo que apareceu por aqui. Inverteu tudo durante o jogo e culminou sua arbitragem por exagerar no tempo de acréscimo. O gol do Botafogo saiu após a ultrapassagem do que estava prometido. Ele mais que beneficiou o infrator, com o Avaí também provocando o acréscimo de mais um minuto aos quatro prometidos. Enfim, este é o ano da tragédia na arbitragem brasileira.

Leia outras colunas de Roberto Alves
Acesse a tabela da
Série A do Brasileirão

O Sol Diário
Busca