Figueirense vive dia da permanência na Série B em jogo contra o Juventude - Esporte - O Sol Diário

Campeonato brasileiro17/11/2017 | 07h30Atualizada em 17/11/2017 | 07h30

Figueirense vive dia da permanência na Série B em jogo contra o Juventude

Alvinegro pode garantir a permanência na Segunda Divisão nesta sexta-feira

Figueirense vive dia da permanência na Série B em jogo contra o Juventude Artes DC/Artes DC
Foto: Artes DC / Artes DC
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Dia da permanência. O Figueirense pode carimbar nesta sexta-feira a continuidade na Série B do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro enfrenta o Juventude, às 21h30min, no Alfredo Jaconi. A vitória em Caxias do Sul, no entanto, pode não ser tão essencial, dependendo do resultado do jogo que abre a penúltima rodada da competição. O Figueira vai saber o que precisa para se assegurar na Segunda Divisão com uma rodada de antecedência ao adentrar em campo.

O Luverdense enfrenta o Guarani, às 19h15min, para tentar empurrar para a próxima semana a definição do bolo de rebaixados à Série C de 2018, junto de ABC, Náutico e Santa Cruz. O time do Centro-Oeste necessita ganhar a partida no Brinco de Ouro da Princesa para continuar vivo, e em confronto direto com o Bugre campineiro, que alcança a permanência com o empate.

Se o Luve ganhar, o Figueirense terá de vencer a equipe comandada pelo técnico Antônio Carlos Zago. Caso o Luve não passe do empate, o Furacão não precisa mais somar pontos para concretizar a permanência, seja no jogo desta sexta ou no que encerra a participação na competição, contra o Paysandu, no Orlando Scarpelli, no sábado seguinte.

Matemática na ponta da caneta

O Figueirense tem 44 pontos e o Luverdense, 40. Além da diferença de quatro pontos, os alvinegros têm duas vitórias a mais – primeiro critério de desempate. A equipe de Lucas do Rio Verde (MT) tem de ganhar todos os jogos e torcer para que o Guarani e o Figueira tropecem até o final da competição.

O time preto e branco entrou na Série B para retornar imediatamente para a elite nacional. Porém, a campanha ruim passadas as rodadas iniciais obrigou o clube a mudar o objetivo, que agora é a continuidade na Segunda Divisão. Para alcançá-la nesta sexta, o técnico Milton Cruz tem pelo menos uma mudança obrigatória. 

O lateral-direito Dudu está suspenso pelo terceiro amarelo. A ausência pode ser preenchida com Ferrugem ou Dudu Vieira, deslocado do meio para a ala. Dessa forma, o miolo pode contar com Renan Mota, disponível após ausência por acúmulo de cartão.

Ficha técnica

Juventude: Matheus; Bruno Ribeiro, Micael, Maurício (Vinícius) e Pará; Vacaria; Felipe Lima (Wesley), Diego Felipe, Wallacer e Ramon; Tiago Marques. Técnico: Antônio Carlos Zago.
Figueirense: Saulo; Ferrugem (Patrick), Naylhor, Ferreira e João Lucas; Zé Antônio, Dudu Vieira, Renan Mota (Luidy), Jorge Henrique e João Paulo; Henan. Técnico: Milton Cruz.
Arbitragem: Dyorgines José Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti (trio do ES).
Data e horário: nesta sexta-feira, às 21h30min.
Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Leia outras notícias do Figueirense
Acesse a tabela da
Série B do Campeonato Brasileiro

O Sol Diário
Busca