Marquinhos fala da volta de Kozlinski aos titulares do Avaí: "Confiança do grupo ele tem" - Esporte - O Sol Diário

Pedido de ídolo18/11/2017 | 12h00Atualizada em 18/11/2017 | 12h00

Marquinhos fala da volta de Kozlinski aos titulares do Avaí: "Confiança do grupo ele tem"

Capitão azurra pede para que torcedor também demonstre apoio ao goleiro

Marquinhos fala da volta de Kozlinski aos titulares do Avaí: "Confiança do grupo ele tem" Cristiano Estrela/Diário Catarinense
Marquinhos enfatiza confiança em Kozlinski, goleiro do Avaí para o duelo contra o Palmeiras Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

Kozlinski vai voltar ao gol do Avaí. O goleiro que iniciou a temporada e o Campeonato Brasileiro como titular perdeu a titularidade para Douglas na 10ª rodada. Agora, com a suspensão do companheiro, Maurício Kozlinski estará sob o travessão da Ressacada no duelo das 20h de segunda-feira, contra o Palmeiras.

O tempo de ausência e os motivos que o fizeram perder o posto, a falha que abriu caminho para a derrota por 3 a 0 para o Fluminense, devem ser deixados de lado pelo torcedor, pediu o capitão Marquinhos. O camisa 10 do Leão passou confiança ao colega para o confronto decisivo na antepenúltima rodada do Brasileirão.

— Ritmo não adianta, só vai ter jogando. O Kozlinski vem treinando e cabe a nós ajudá-lo, fechando o chute. O Kozlinski tem total confiança, falhou e perdeu a posição por um jogo ruim. Mas agora volta, tem a nossa confiança. Ele que vai jogar e vamos apoiar. Não tem que jogar ele lá para baixo, porque é um cara que todo mundo gosta, teve erros e acertos, então que o torcedor o apoie, porque a confiança do grupo ele tem, isso é o mais importante — explicou M10, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Avaí faz promoção de ingressos a R$ 10 para o jogo diante do Palmeiras

Além de apoio para com o companheiro, Marquinhos espera também tranquilidade, apesar do momento delicado do time no Campeonato Brasileiro. O capitão do Avaí pede que os torcedor compareça na Ressacada para ajudar, mas que também tenha paciência.

— Temos uma equipe experiente e precisamos de tranquilidade. Não precisamos de ninguém para vencer nosso jogo. Temos que jogar, fazemos isso a vida toda e não vamos desaprender, é dar tranquilidade, especialmente para o Maurício (Kozlinski). Que o torcedor venha e apoie. Se perder, que vaie todo mundo, mas não comece vaiando dentro do jogo e a alguns jogadores, isso só atrapalha. Que me vaie então, que vaie o capitão do time. Que venha para a Ressacada e nos apoie até o fim — pediu Marquinhos. 

Leia mais notícias sobre o Avaí
Confira a tabela da
Série A do Brasileiro

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCatarinenses conhecem adversários na estreia da Copa do Brasil; Figueirense terá viagem mais longa https://t.co/I1lBJJZr7Ihá 5 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPorto Belo desiste de projeto de adutora na praia https://t.co/ljiSWTdCbvhá 6 horas Retweet
O Sol Diário
Busca