Além dos três pontos, jogo entre Avaí e Santos tem peso para os dois times - Esporte - O Sol Diário

Série A01/12/2017 | 07h42Atualizada em 01/12/2017 | 13h04

Além dos três pontos, jogo entre Avaí e Santos tem peso para os dois times

Equipes se enfrentam às 17h de domingo, na Vila Belmiro

Além dos três pontos, jogo entre Avaí e Santos tem peso para os dois times Cristiano Estrela/Agencia RBS
Equipes empataram no 0 a 0 no primeiro turno Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Não apenas a colocação na tabela, mas  também dinheiro no cofre. A rodada final do Brasileirão tem importância tanto para o Avaí quanto para o Santos. O jogo das 17h de domingo, na Vila Belmiro, tem a permanência da equipe catarinense como pano de fundo. Ficar na Série A representa receita ao Leão. O descenso reduz a um terço a principal fonte de recursos azurras. Por outro lado, alcançar duas posições a mais no topo da classificação pode render quase o dobro somente da premiação do torneio ao Peixe.

Na tabela

Santos: O Peixe tem chance de terminar o torneio como vice. Para isso, precisa vencer o Avaí, e que Palmeiras e Grêmio não vençam. Pode também finalizar o Brasileirão em terceiro, mesmo que empate a partida na Vila Belmiro, mas na dependência de uma derrota dos gaúchos.

Avaí: Simples: terminar fora da zona de rebaixamento. O Leão precisa ganhar o jogo e que dois dos três rivais diretos – Coritiba, Sport e Vitória – não passem de empates em seus jogos, também às 17h de domingo.

No cofre

Santos: Melhor colocação dá melhor premiação. O quarto lugar assegurado vai render R$ 5,6 milhões Ao clube. No entanto, o valor quase duplica se o Peixe termina em segundo. São R$ 11,3 milhões ao vice-campeão e R$ 7,7 milhões ao terceiro.

Avaí: Dos cerca de R$ 25 milhões recebidos neste ano pela cota de televisionamento, o Leão corre risco de ter 75% a menos no valor no ano que vem em caso de descenso. A manutenção abre possibilidade de negociar montante melhor. Ainda que venha a ser rebaixado, é importante que o clube esteja na melhor colocação possível, porque incide em R$ 200 mil por posição (entre 17º e 20º) para a cota da Série B.

Na moral

Santos: Depois da série de três derrotas em sequência, a equipe voltou a vencer e bateu adversários do alto da classificação. Segurou o Grêmio com a vitória por 1 a 0 na 
Vila Belmiro e ganhou do Flamengo 
fora de casa e de virada.

Avaí: Também vem de duas vitórias seguidas, ambas em casa. O Leão bateu o Palmeiras e o Atlético-PR. Pela segunda vez, os azurras têm a chance de conquistar a inédita terceira vitória seguida na competição. Mas é o terceiro jogo em que entra em campo pressionado a vencer para seguir vivo.

No campo

Santos: Dois titulares importantes estarão de fora, o volante Alison e o centroavante Ricardo Oliveira estão suspensos. O zagueiro David Braz deve ser poupado e o meia Lucas Lima foi negociado com o Palmeiras. Os testes com jovens atletas, como aventou o comandante Elano, devem ser descartados para que o time tenha força máxima para que alcance melhor valor de premiação. Provável escalação do Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Jean Mota; Matheus Jesus, Renato e Vecchio; Bruno Henrique, Copete e Arthur Gomes.

Avaí: Guardião da defesa e homem de confiança azurra, o volante Judson fica de fora por suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O centroavante Junior Dutra, goleador da equipe na temporada com os seus 16 tentos, segue como dúvida por causa de lesão. 
O técnico Claudinei Oliveira deve colocar Wellington Simião no meio e o posto no ataque segue como incógnita. Provável escalação: Douglas; Maicon, Alemão, Betão e João Paulo; Wellington Simião, Pedro Castro e Marquinhos; Maurinho, Luanzinho e Romulo (Lourenço).

Na área técnica

Santos: Nos primeiros passos para iniciar de fato a carreira de treinador, Elano pretende mostrar que pode começar na função no Santos. Ele responde pela equipe desde o fim de outubro de forma interina, mas não tem liberação da CBF por não contar com licença de técnico de futebol.

Avaí:  Treinador mais longevo na história recente do clube, Claudinei Oliveira tenta atingir a missão maior da temporada: a permanência na Série A. Conseguiu mais que o objetivo no ano passado, ao sair da rabeira da Série B e alcançar a elite. A unanimidade por sua continuidade passa por seguir na Primeira Divisão.

Leia mais notícias do Avaí
Acesse a tabela da
Série B

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCatarinenses conhecem adversários na estreia da Copa do Brasil; Figueirense terá viagem mais longa https://t.co/I1lBJJZr7Ihá 9 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPorto Belo desiste de projeto de adutora na praia https://t.co/ljiSWTdCbvhá 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca