Após renovação, Claudinei Oliveira traça meta: "Recolocar o Avaí na Série A" - Esporte - O Sol Diário
 

Palavra do comandante13/12/2017 | 17h57Atualizada em 13/12/2017 | 17h57

Após renovação, Claudinei Oliveira traça meta: "Recolocar o Avaí na Série A"

Treinador de 48 anos aceita redução de salário para entrar na terceira temporada no comando do clube

Após renovação, Claudinei Oliveira traça meta: "Recolocar o Avaí na Série A" Betina Humeres/Diário Catarinense
Foto: Betina Humeres / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

Claudinei Oliveira acertou a permanência no Avaí e tem uma meta clara na terceira temporada no comando do clube – assumiu na metade de 2016. O objetivo do treinador de 48 anos é recolocar a equipe na elite do futebol nacional. O clube foi rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro e o treinador quer repetir o feito do início do trabalho na Ressacada.

- O projeto, obviamente, é voltado pra recolocar o Avaí na Série A. Vamos buscar o título estadual, claro, mas sem loucuras financeiras, entendendo a realidade do Avaí. Mas já vamos entrar na Série B com uma equipe forte, uma base sólida, buscar alguns reforços pontuais e buscar esse acesso novamente — disse o técnico, por meio de sua assessoria de imprensa pessoal.

O treinador esteve com o presidente do Leão, Francisco Battistotti, neste quarta-feira, em São Paulo, e acordou a continuidade do trabalho. Ele aceitou receber menos do que na atual temporada pelo interesse em seguir no comando técnico do Avaí.

- A conversa foi muito tranquila, muito objetiva. Havia interesse das duas partes na continuidade, nos ajustamos, claro, à nova realidade do clube, numa conversa bem aberta, bem franca. Agora é arregaçar as mangas novamente e começar a trabalhar - disse o treinador.

Desde agosto de 2016, quando assumiu o cargo, Claudinei comandou o Avaí em 79 jogos. No primeiro ano, guiou a equipe à elite do futebol nacional. No segundo ano dele, o Leão foi vice do Campeonato Catarinense e foi rebaixado na última rodada do Brasileirão, após o empate em 1 a 1 com o Santos. O treinador está animado pela terceira temporada na Ressacada.

— No Brasil é sempre muito interessante a possibilidade de fazer um trabalho de longo prazo, sempre muito bom. Às vezes supera até a parte financeira. Você poder trabalhar suas ideias, montar e remontar sua equipe, fazer tudo isso para o meu crescimento profissional e minha carreira é muito interessante. 

 Leia mais notícias do Avaí 

Foto:


Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCriciúma tem mais um confronto direto para deixar o Z-4 https://t.co/GCiEb0XXachá 8 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSubstituto de Zé, Mailson prevê "guerra" no jogo do Criciúma contra o Brasil https://t.co/5ntyPGOmrrhá 1 diaRetweet
O Sol Diário
Busca