Copa SP: Avaí confia em levar o troféu inédito para a Ressacada - Esporte - O Sol Diário
 

Copinha31/12/2017 | 12h02Atualizada em 31/12/2017 | 12h02

Copa SP: Avaí confia em levar o troféu inédito para a Ressacada

Aos 30 anos, atacante tem o desejo de permanecer em Florianópolis em 2018

Copa SP: Avaí confia em levar o troféu inédito para a Ressacada Diorgenes Pandini/Diário Catarinense
Goleiro Léo Lopes é a segurança da meta azurra Foto: Diorgenes Pandini / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Dentro de malas e baús com material de jogo e treino, o Avaí leva para Jundiaí a confiança. Ingrediente necessário para alcançar a façanha inédita. O técnico Fabrício Bento e seus comandados têm o desejo de voltar para Florianópolis com o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Depois de parar na semifinal da Copa do Brasil sub-20 em 2017, o plantel foi reformulado pela ida de atletas ao profissional. Três titulares continuaram e a equipe não perdeu fôlego. Nos últimos quatro meses, ganhou o Catarinense e em dezembro foi campeão da Taça Brasil sub-19.

– Não esperávamos tanto. Conseguimos organizar a chegada de novos atletas e eles entraram no ritmo. A força do time é o grupo, e temos um bom elenco, a chave para a conquista do título – indicou o treinador Bento.

Os êxitos de 2017 foram frutos da filosofia de trabalho do técnico. O comandante deixa os jogadores à vontade dentro de campo – inclusive no treinamento, acompanha atento sem falar muito dentro das quatro linhas. Os resultados são atletas soltos e um conjunto que toca a bola e agride em velocidade. Resta a Fabrício lapidá-los para faturar o caneco.

– Vamos nos preparar para o título. É complicado, sim, mas os jogadores têm que estar preparados, precisam ser vencedores. Miramos o topo, trabalhamos pensando em conquista. Ficamos na semifinal da Copa do Brasil e pensamos em avançar mais desta vez.

DESTAQUE
Léo Lopes, goleiro
Léo passou por todas as categorias da base e vai defender a meta azurra pela segunda vez na Copa São Paulo. Com 1,86m e natural de Campo Erê, o arqueiro é um dos remanescentes da equipe em relação à que iniciou 2017 e um dos líderes do elenco. Porém, não é apenas isso que o fez vestir a camisa 1 do Avaí.

— O Léo trabalha comigo desde os 15 anos no Avaí, um grande jogador e pessoa. É goleiro moderno, joga bem com os dois pés e tem boa saída do gol – elogiou o técnico Fabrício Bento.

PRIMEIRA FASE - GRUPO 20
Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí (SP)
Dia 4 - 16h – Red Bull Brasil-SP
Dia 7 - 16h – São José-RS
Dia 10 - 16h – Paulista-SP

 Leia mais notícias do esporte no Diário Catarinense 

O Sol Diário
Busca